PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pênalti do 1º gol do Itaquerão fez com que ex-jogador quebrasse o braço

Do UOL, em São Paulo

11/05/2014 17h20

Vítima do pênalti que deu a chance de Rivelino fazer o primeiro gol do Itaquerão, Palhinha sofreu uma contusão séria no lance e será operado nesta segunda-feira. De acordo com o boletim médico, houve fratura no úmero esquerdo, osso do braço.

O ex-jogador do Corinthians foi hospitalizado e o estado de saúde é estável. A cirurgia vai ocorrer nesta segunda-feira de manhã no Hospital São Luiz Morumbi. O procedimento será executado pela equipe do médico Joaquim Grava.

Palhinha esteve sábado no Itaquerão para participar de um evento teste do estádio que receberá a abertura da Copa. Foram disputadas seis partidas envolvendo jogadores que marcaram a história do time. E o ex-atleta tem grande contribuição porque estava no grupo que venceu o título paulista em 1977, encerrando um jejum de 23 anos sem levantar uma taça.

Ele chegava credenciado do Cruzeiro, onde vencera a Libertadores no ano anterior. A transação envolveu US

O ex-jogador do Corinthians foi hospitalizado e o estado de saúde é estável. A cirurgia vai ocorrer nesta segunda-feira de manhã no Hospital São Luiz Morumbi. O procedimento será executado pela equipe do médico Joaquim Grava.

Palhinha esteve sábado no Itaquerão para participar de um evento teste do estádio que receberá a abertura da Copa. Foram disputadas seis partidas envolvendo jogadores que marcaram a história do time. E o ex-atleta tem grande contribuição porque estava no grupo que venceu o título paulista em 1977, encerrando um jejum de 23 anos sem levantar uma taça.

Ele chegava credenciado do Cruzeiro, onde vencera a Libertadores no ano anterior. A transação envolveu US$ 1 milhão, o maior valor pago por um jogador brasileiro até aquele momento. Palhinha repetiu a dose em 1979, quando ganhou mais um estadual pelo Corinthians.

Com este currículo, foi convidado para a festa corintiana. No lance que gerou o pênalti, Palhinha invadiu a área e caiu. O árbitro apontou a marca de pênalti e ele ficou caído no gramado esperando atendimento médico. Os indícios de que a lesão era séria apareceram quando foi preciso imobilizar o ex-jogador ao ser retirado do campo.



 

nbsp;1 milhão, o maior valor pago por um jogador brasileiro até aquele momento. Palhinha repetiu a dose em 1979, quando ganhou mais um estadual pelo Corinthians.

Com este currículo, foi convidado para a festa corintiana. No lance que gerou o pênalti, Palhinha invadiu a área e caiu. O árbitro apontou a marca de pênalti e ele ficou caído no gramado esperando atendimento médico. Os indícios de que a lesão era séria apareceram quando foi preciso imobilizar o ex-jogador ao ser retirado do campo.



 

Futebol