Topo

Futebol


Fã do Barça no videogame, Pirlo conta como foi ser sondado por Guardiola

20.mar.2014 - Andrea Pirlo comemora após marcar para a Juventus na partida contra a Fiorentina - REUTERS/Giampiero Sposito
20.mar.2014 - Andrea Pirlo comemora após marcar para a Juventus na partida contra a Fiorentina Imagem: REUTERS/Giampiero Sposito

Do UOL, em São Paulo

14/04/2014 20h57

O meio-campo da seleção italiana Andrea Pirlo revela em sua autobiografia que Pep Guardiola tentou contratá-lo para o Barcelona em 2010.

O livro de Pirlo, "I Think Therefore I Play" (“Penso, logo jogo”, em tradução livre) será lançado nesta terça-feira (15), na Europa, e o jornal inglês The Guardian revelou um capítulo em que o jogador conta como foi abordado pelo então técnico do time catalão.

Nesse capítulo, o italiano revela que é apaixonado por PlayStation, e que sempre escolhia o Barcelona para jogar suas partidas.

Também diz que fez quatro vezes mais jogos no videogame que na realidade – seu grande rival na brincadeira era o zagueiro Alessandro Nesta, que também não abria mão do time catalão.

Segundo Pirlo, “depois da roda, o videogame é a melhor invenção de todos os tempos”. Ele e Nesta chegavam a brincar sobre sequestrar Guardiola para eles.

Na pré-temporada, em agosto de 2010, quando o Milan foi participar de um torneio no Nou Camp, em Barcelona, ele foi abordado pelo técnico, e tiveram uma conversa particular.

Os dois aproveitaram que os holofotes estavam todos sobre uma possível contratação do sueco Zlatan Ibrahimovic pelo time catalão e fizeram uma reunião às escondidas.

Segundo Pirlo, Guardiola disse que o Barcelona era muito bom, mas o italiano seria a cereja do bolo. “Nós estamos procurando um meio-campo para alternar com Xavi, Iniesta e Busquets e esse meio-campo é você. Você tem todos os atributos para jogar no Barcelona”, teria dito o treinador.

O capitão da seleção italiana conta que pensou o quanto Nesta ficaria com inveja pela chance de ser treinado pelo técnico que os dois tanto admiravam.

Pirlo diz que o Barcelona chegou a falar com o Milan, mas o negócio nunca foi para a frente, porque o rossonero não aceitou negociar seu jogador.

Mais Futebol