Topo

Futebol


TV árabe acusa Fifa de forjar votos de Rosicky e Thiago Silva na Bola de Ouro

Messi exibe prêmio de melhor do mundo de 2012. É o 4º ano consecutivo que o argentino fatura. - OLIVIER MORIN/AFP
Messi exibe prêmio de melhor do mundo de 2012. É o 4º ano consecutivo que o argentino fatura. Imagem: OLIVIER MORIN/AFP

Do UOL, em São Paulo

12/01/2013 20h13

A cadeia televisiva Al-Jazeera denunciou neste sábado irregularidades na votação para a atribuição da Bola de Ouro. Thomas Rosicky e Thiago Silva teriam votado no italiano Balotelli, jogador do Manchester City, mas a Fifa considerou que os votos foram para o argentino Lionel Messi, que faturou o prêmio pela quarta vez.

"Eu votei no Balotelli, mas a Fifa deu o meu voto ao Messi", contou o tcheco Rosicky segundo a TV árabe. Segundo a mesma fonte, o mesmo aconteceu com o zagueiro brasileiro Thiago Silva, que hoje defende as cores do Paris Saint-Germain.

“Dei o meu voto a Balotelli mas, de acordo com a Fifa, votei em Messi. É muito triste”, lamentou o brasileiro.

A versão da Fifa, no entanto, é diferente. A entidade negou qualquer tipo de irregularidade e deu a entender que os jogadores podem não lembrar dos votos com clareza.

“É um rumor falso. Fomos avisados do que aconteceu na Itália e na República Tcheca. Fizemos as averiguações necessárias e podemos confirmar o que foi publicado depois da cerimônia da Bola de Ouro. Tudo é perfeitamente correto. Cada um é livre de interpretar o porquê de alguns não se lembrarem em quem votaram”, diz o comunicado.

Messi levou o prêmio com 41,6% dos votos. Cristiano Ronaldo recebeu 23,68% e Andrés Iniesta ficou com 10,91%.

Mais Futebol