PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Neymar perde pênalti, Santos empata com La U e desperdiça decisão confortável no Pacaembu

Neymar se joga no chão após bater pênalti bisonho em que a bola subiu muito - Claudio Santana/AFP
Neymar se joga no chão após bater pênalti bisonho em que a bola subiu muito Imagem: Claudio Santana/AFP

Do UOL, em Santos (SP)

23/08/2012 00h01

O Santos apenas empatou sem gols com o Universidad de Chile, nesta quarta-feira, no estádio Nacional, em Santiago, pelo jogo de ida da final da Recopa Sul-Americana. A equipe santista teve a chance de deixar o jogo de volta mais confortável, porém, Neymar escorregou em cobrança de pênalti e chutou por cima do gol.

A partida de volta acontecerá no dia 26 de setembro, no estádio do Pacaembu. A Recopa Sul-Americana envolve o campeão da Copa Libertadores da América (Santos) e da Sul-Americana (Universidad) da temporada 2011.

O meia Paulo Henrique Ganso, que atuou nesta quarta-feira em meio as negociações com o São Paulo, voltou a apresentar um bom futebol. O camisa 10 quase marcou um golaço no primeiro tempo, quando aplicou um drible desconcertante no zagueiro e chutou para boa defesa do goleiro chileno. 

O Santos dominou o jogo no primeiro tempo até o pênalti desperdiçado por Neymar. Enquanto a Universidad teve apenas uma oportunidade de gol em cabeçada de Gutiérrez, a equipe santista quase abriu o marcador em três oportunidades.

A primeira aconteceu com Neymar, que driblou o goleiro, mas ficou sem ângulo e não conseguiu chutar a gol. Em seguida, Ganso driblou o zagueiro e o deixou no chão, mas parou em Johny Herrera após chute forte de perna direita.

Entretanto, a maior chance desperdiçada ficou por conta de Neymar. Após sofrer a infração em jogada individual, o craque escorregou na cobrança de pênalti e chutou a bola por cima do gol.

Na segunda etapa, o Universidad equilibrou a partida. Os chilenos quase abriram o marcador nos primeiros cinco minutos. Mena cruzou para Gutiérrez, que encobriu Rafael em cabeçada, mas a bola foi por cima do gol.

Entretanto, os chilenos não demonstraram qualidade para abrir o marcador, e o Santos quase não atacou na etapa final. A única chance aconteceu no finalzinho da partida, quando Neymar fez uma jogada individual e quase marcou o gol, encobrindo o goleiro. Mas, o jogo terminou 0 a 0. 

Futebol