PUBLICIDADE
Topo

Argentina

Russos "provocam" Messi com mural de CR7: "Consegue bater essa marca?"

Julio Gomes e Marcel Rizzo

Do UOL, em Kazan (Rússia)

29/06/2018 10h57

Classificação e Jogos

A cidade de Kazan correu para que, quando Lionel Messi chegasse para o jogo de oitavas de final da Copa do Mundo, que será disputado no sábado às 15h, no estádio local, ele não acordasse e desse de cara com um grande mural de Cristiano Ronaldo piscando. Os russos se apressaram para pintar um novo mural, ao lado, com o craque argentino. Mas provocação parece estar no sangue dos habitantes daquelas partes.

Após apresentar a pintura de Messi, o mesmo artista, o russo Dmitry Chalov, pintou uma frase no mural de CR7: "Eu fiz quatro gols, Leo. Você consegue bater essa marca?" Chalov se apressou a dizer que a ideia da provocação foi do prefeito de Kazan. E que, se Messi balançar as redes, o novo mural também receberá uma frase.

Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final 
Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

Pintura de Messi em Kazan - Marcel Rizzo/UOL - Marcel Rizzo/UOL
Pintura de Messi em frente ao hotel da Argentina em Kazan
Imagem: Marcel Rizzo/UOL
Entenda a "polêmica"

Aproximadamente duas horas antes de a delegação argentina chegar ao seu hotel na cidade, funcionários do governo local terminaram uma pintura em homenagem a Messi que ficará no mesmo local de uma imagem do português piscando. A obra de arte é de 2017, feita para recepcionar CR7 para o duelo contra o México pela Copa das Confederações. O problema é que ela fica localizada em frente ao hotel que recebe a Argentina antes do duelo de sábado contra os franceses.

Segundo funcionário do hotel, o andar fechado para as seleções que disputam a Copa tem quartos que dão de frente para a pintura. A de Messi foi feita em local ainda com visão mais privilegiada para quem olha dos andares superiores do Ramada, o que deixará o argentino em primeiro plano para quem observar as duas pinturas.

Representantes do governo local disseram que a ideia de pintar Messi surgiu antes de a Copa começar, já que havia a possibilidade de a Argentina atuar na cidade. A definição, porém, foi sendo adiada por questões de custo e pela possibilidade de o craque não aparecer na cidade. A Argentina, porém, se classificou em segundo lugar no Grupo D e acabou em Kazan, o que fez os russos correrem para colocar o plano em ação.

Pelo menos, quando subir para o quarto, Messi não verá apenas seu grande rival no futebol ao olhar pela janela.

Pintura CR7 - REUTERS/John Sibley - REUTERS/John Sibley
Imagem de Cristiano Ronaldo que fica localizada perto de hotel da seleção argentina
Imagem: REUTERS/John Sibley
 

Argentina