PUBLICIDADE
Topo

Rússia

Mario Fernandes reconhece favoritismo da Espanha, mas diz: "Não temos medo"

Mário Fernandes sorri na goleada da Rússia sobre a Arábia Saudita - Ryan Pierse/Getty Images
Mário Fernandes sorri na goleada da Rússia sobre a Arábia Saudita Imagem: Ryan Pierse/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

28/06/2018 12h51

Classificação e Jogos

Mesmo que o favoritismo seja da Espanha, a Rússia promete fazer jogo duro no duelo válido pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Lateral-direito da seleção anfitriã, Mario Fernandes afirmou nesta quinta-feira (28) que nem a derrota por 3 a 0 contra o Uruguai abalou a equipe para o jogo decisivo.

Brasil pega o México às 11h de 2ª; veja tabela das oitavas
Assista aos gols do Brasil na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia 
Coutinho e Thiago Silva se destacam, e Jesus fica 'ameaçado'

"Perdemos o último jogo para o Uruguai e nada mudou. Agora estamos à espera de uma Espanha forte, que nós respeitamos, mas não temos medo", disse o jogador ex-Grêmio a jornalistas.

Mesmo que afirmando que a Espanha não possui pontos fracos, o jogador chegou a relembrar a eliminação na fase de grupos da Alemanha para motivar os russos para o jogo.

"De fato, isso prova mais uma vez que não há equipes invencíveis. Acreditamos que podemos vencer a Espanha."

A Rússia receberá a Espanha no próximo domingo (1), às 11h. Caso ganhe o jogo, que acontecerá no estádio Luzhniki, em Moscou, os anfitriões poderão pegar o vencedor do duelo entre Croácia e Dinamarca.

Rússia