PUBLICIDADE
Topo

Japão

Japão é criticado por não reagir contra Polônia: "Se classificou sem honra"

Shinji Okazaki disputa bola com Rafal Kurzawa em Japão x Polônia - Julian Finney/Getty Images
Shinji Okazaki disputa bola com Rafal Kurzawa em Japão x Polônia Imagem: Julian Finney/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

28/06/2018 13h47

Classificação e Jogos

Nem a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo livrou o Japão de críticas da imprensa internacional. Garantida na próxima fase mesmo após ser derrotada por 1 a 0 contra a Polônia no Grupo H, a equipe nipônica recebeu desaprovações por entrar em campo nesta quinta-feira (28) sem seis titulares e ter abdicado de tentar buscar uma virada por já estar se classificando ao mata-mata com a vitória da Colômbia por 1 a 0 contra Senegal.

Assista ao gol da partida entre Japão e Polônia
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

O jornal espanhol acusou o técnico Akira Nishino de "brincar com fogo" por realizar trocas no seu time mesmo que a classificação japonesa não tivesse garantida. "Parece que fizeram o possível para não se classificarem [...] No segundo tempo foram varridos pelo time de Adam Nawalka (técnico da Polônia), que poderia ter saído com uma vantagem maior".

Capa do Marca diz que Japão "brincou com fogo" em derrota contra a Polônia - Reprodução/Marca - Reprodução/Marca
Imagem: Reprodução/Marca

O gol de Yerry Mina contra Senegal garantiu a segunda posição do Grupo H para os japoneses. Com os mesmos 4 pontos do Japão, os africanos ficaram na terceira posição do Grupo H por terem tomado seis cartões amarelos, contra quatro dos Samurais Azuis. O periódico francês L’Equipe criticou a equipe asiática por abdicar de tentar uma reação contra os poloneses após o tento do zagueiro do Barcelona.

"Não era um jogo muito atraente, mas os últimos quinze minutos foram muito mais angustiantes. Consciente de estar classificado, o Japão não teve interesse para pressionar e não jogou como fomos capazes de ver ontem os sul-coreanos contra a Alemanha (2 -0). O Japão está classificado, mas sem honras."

Conhecida revista esportiva da Alemanha, a Kicker também não gostou do que viu nos minutos finais do jogo que aconteceu na Arena Volgogrado. "Nos minutos finais, absolutamente nada aconteceu no campo. Apesar da desvantagem, o Japão discretamente tocava a bola para trás e para frente, e a Polônia não atacou."

A imprensa japonesa amenizou mais o tom. Um dos cinco maiores jornais do país, o Asahi Shimbun viu os passes sem objetivos da seleção com uma forma simples de manter o resultado.
"A etapa inicial foi defensiva, e a Polônia começou a atacar a partir do segundo tempo. Mas no fim o Japão passou a controlar a bola de forma segura, que pretendia manter o status quo".

Garantido nas oitavas de final, o Japão espera o primeiro colocado do Grupo G, que será decidido nesta quinta-feira no duelo entre Bélgica e Inglaterra. O duelo vai acontecer na próxima segunda-feira (2), em Rostov, às 15h. O vencedor deste confronto pegará o ganhador de Brasil x México na sexta-feira (6), também às 15h, mas na Arena Kazan.

Japão