PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Renato Mauricio Prado

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

RMP: Não adianta técnico europeu com médicos e preparadores incompetentes

Conteúdo exclusivo para assinantes

Renato Maurício Prado

15/12/2021 18h57Atualizada em 15/12/2021 19h00

Com o noticiário rubro-negro focado na dança das cadeiras para a escolha do futuro treinador do Flamengo (o português Carlos Carvalhal parece ocupar a pole-position, depois que o repórter Diogo Dantas, do Globo, revelou que ele já disse sim ao rubro-negro e o empecilho agora é a multa rescisória), uma estatística assustadora foi revelada e, a meu ver, não teve o destaque merecido, nem a gravidade avaliada como deveria.

Eis a minuciosa reportagem de Letícia Marques, da Coluna do Fla, publicada também nos sites Flamengo RJ e Fla Resenha, no ultimo dia 13:

"De 13 de julho a 09 de dezembro, o Flamengo disputou 42 jogos e chegou a 65 desfalques. Média de uma ausência a cada 2,29 dias. A reta final da temporada foi o momento em que a equipe mais sofreu. Em dezembro foram 16 desfalques, em novembro, 15 e outubro fecha o 'top-3', com 14. A lista completa:

JULHO - 10 desfalques

13/07: Rodrigo Caio (edema na panturrilha esquerda)

17/07: Piris da Motta (dor no tendão de Aquiles do tornozelo direito)

25/07: Isla (desgaste muscular)

28/07: Filipe Luís, Gustavo Henrique, Rodrigo Caio (desgaste muscular)

29/07: Renê (lesão na posterior da coxa direita)

31/07: Rodrigo Caio (reequilíbrio biomecânico e muscular), Hugo Souza (gripe), Rodrigo Muniz (covid)

AGOSTO - 6 desfalques

08/08: Pedro (entorse no tornozelo esquerdo)

12/08: Thiago Maia (covid)

17/08: Isla (fadiga muscular e dores na coxa direita)

21/08: Arrascaeta (fadiga muscular)

24/08: Léo Pereira (trauma ósseo na falange do quinto metatarso do pé esquerdo)

25/08: Bruno Henrique (dor na posterior da coxa)

SETEMBRO - 4 desfalques

09/09: Filipe Luís (lesão na panturrilha esquerda)

10/09: Diego Ribas (edema na panturrilha direita)

13/09: Arrascaeta (estiramento na posterior da coxa esquerda)

29/09: Thiago Maia (lesão no adutor da coxa esquerda)

OUTUBRO - 15 desfalques

01/10: David Luiz (lesão no adutor da coxa esquerda)

02/10: Diego Ribas (dores musculares na coxa direita)

03/10: Bruno Henrique (dores no adutor da coxa esquerda)

05/10: Gustavo Henrique (edema no adutor da coxa direita) e Diego Ribas (edema na panturrilha direita)

09/10: Diego Alves (trauma no pé direito)

11/10: Bruno Henrique (lesão no músculo adutor da coxa esquerda) e Arrascaeta (lesão no reto anterior direito)

13/10: João Gomes (febre)

16/10: Rodrigo Caio (programação de controle de cargas)

21/10: Gabigol (entorse no tornozelo direito)

24/10: Pedro (lesão de menisco)

29/10: Diego Ribas (lesão reto femoral da coxa direita) e Filipe Luís (lesão panturrilha esquerda)

30/10: Rodrigo Caio (dores no joelho direito)

NOVEMBRO - 14 desfalques

02/11: Kenedy (entorse no tornozelo)

07/11: Diego Alves (desgaste físico acentuado); David Luiz (programação de retorno gradual); Thiago Maia (pancada no quadril e no pé esquerdo).

14/11: Vitinho (dores no joelho direito)

15/11: Rodrigo Caio (edema na panturrilha esquerda)

18/11: Bruno Henrique (inflamação no tendão patelar do joelho esquerdo)

29/11: Filipe Luís (dores na panturrilha esquerda); Arão (dores no joelho esquerdo); Isla (dores na região posterior da coxa esquerda); David Luiz e Rodrigo Caio (programação gradual de retorno).

30/11: Diego Alves (dores na região posterior da coxa esquerda); Léo Pereira (dores na anterior da coxa direita)

DEZEMBRO - 16 desfalques

02/12: Filipe Luís (lesão na panturrilha esquerda)

Arão (edema ósseo no joelho esquerdo)

Isla (desgaste muscular)

Diego Alves (dores na região posterior da coxa esquerda)

Léo Pereira (dores na anterior da coxa direita)

Andreas (dores no púbis)

Piris (dores na anterior da coxa direita)

Gabigol (faringite)

Arrascaeta (retorno gradual)

03/12: Michael (dores na anterior da coxa direita)

05/12: Diego Ribas e Thiago Maia (gripe)

Bruno Henrique (dores no joelho esquerdo)

06/12: Rodrigo Caio (artroscopia no joelho direito)

César e Vitinho (artroscopia de reparo no menisco medial do joelho direito)".

Não há excesso de jogos, calendário alucinado ou qualquer coisa que justifique essa autêntica "epidemia" de contusões. Nenhum outro clube brasileiro chegou sequer perto disso, em prazo tão exíguo: 65 desfalques (entre eles, apenas cinco casos de gripe e dois de Covid) em pouco menos de cinco meses é atestado cristalino de que há algo muito errado no pomposo "Centro de Alto Rendimento", chefiado pelo médico Márcio Tanure.

Ou muda tudo por lá, ou nem Jesus salva.