Perrone

Perrone

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
ReportagemEsporte

Após bloqueio em contas, Corinthians fecha acordo com ex-patrocinadora

O Corinthians fechou nesta quinta (1) acordo com a PixBet para pagar à ex-patrocinadora valores exigidos por ela pela rescisão contratual.

Foi acertado que o Alvinegro pagará R$ 40,1 milhões. Ficou combinado um pagamento de R$ 6 milhões no próximo dia 15. Os R$ 34,1 milhões restantes serão divididos em 11 parcelas mensais de R$ 3,1 milhões. O Corinthians publicou as bases do trato em seu site e informou que também arcará com honorários judiciais de 10%.

A PixBet havia acionado o Alvinegro na Justiça para cobrar multa de R$ 20 milhões pela rescisão contratual unilateral feita pelo clube e outros R$ 20 milhões em devolução de luvas já pagas.

A Justiça de São Paulo chegou a determinar bloqueio nas contas do clube no valor de R$ 38,8 milhões, como publicou inicialmente a revista Veja. Também foi determinado que a VaideBet, nova patrocinadora do Alvinegro, transferisse os repasses financeiros para a PixBet até o valor total ser quitado. Com o acordo, a ação deverá ser suspensa até o cumprimento integral do trato.

A cobrança aconteceu porque a atual direção corintiana rescindiu o contrato para assinar um mais valioso com a VaideBet.

O presidente Augusto Melo chegou a anunciar que a nova parceira pagaria a multa. Porém, é o Corinthians que que fará a quitação.

Por três anos de patrocínio nas camisas dos times principais de futebol (masculino e feminino), futsal e basquete, a VaideBet pagará R$ 10 milhões mensais, além de R$ 10 milhões de luvas já pagas, segundo Augusto.

A coluna enviou e-mail para a PixbBet às 19h23 e não obteve retorno antes da publicação do post. Caso haja resposta, a reportagem será atualizada.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes