PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Após aliviar folha de pagamento, Corinthians vai ao mercado por atacante

Sylvinho pode ganhar atacante como reforço - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Sylvinho pode ganhar atacante como reforço Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

24/06/2021 04h00

Com Yago Rudá, do UOL, em São Paulo

O Corinthians decidiu que chegou a hora de fazer a sua primeira contratação neste ano. A prioridade é um atacante. Nomes estão sendo analisados em sigilo.

As saídas mais recentes de atletas do elenco ampliaram a redução da folha salarial do departamento de futebol e ajudaram a criar o ambiente favorável para o Alvinegro ir ao mercado, com moderação.

Em 1° julho, a diretoria do Corinthians espera que a redução na folha mensal de pagamento do time em relação a dezembro de 2020 chegue a aproximadamente R$ 3,6 milhões. No final do ano passado, o gasto por mês era de cerca de R$ 14 milhões.

Porém, a situação financeira corintiana ainda é crítica. Por isso, o objetivo é contratar sem ter que pagar por direitos econômicos. Ou seja, o ideal é encontrar um atacante livre de contrato ou que chegue por empréstimo.

A busca é principalmente por um centroavante. Jô não dá sinais de recuperação e as alternativas testadas até aqui também não vingaram.

Existe ainda a avaliação de que um atacante de beirada veloz também seria útil. Isso porque Gustavo Mosquito é visto como o único atleta eficiente do elenco com essas características. Mas, por questões financeiras, dificilmente serão contratados dois atacantes.

Há também o desejo de reforçar a equipe com um meia de criação. A ineficiência na armação é um antigo problema do time.

A diminuição dos gastos salariais foi possível graças às saídas de jogadores como Boselli, Sidcley, Cazares, Walter, Jonathan Cafú, Camacho e Bruno Méndez.

Blog do Perrone