PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Qual o status de Danilo como treinador no Corinthians?

Danilo assumiu a equipe sub-23 do Corinthians nesta temporada  - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
Danilo assumiu a equipe sub-23 do Corinthians nesta temporada Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

18/05/2021 04h00

O ex-jogador Danilo, técnico do time sub-23 do Corinthians, não foi o escolhido para assumir a equipe principal interinamente após a demissão de Vagner Mancini. Mas isso não significa que ele esteja sem prestígio no Parque São Jorge. Pelo contrário, o ídolo da Fiel ocupa uma posição vista como estratégica pela cúpula alvinegra.

Na avaliação da direção, as categorias de base do Corinthians produzem bons jogadores, mas, nos últimos anos, o clube tem falhado na transição deles para o profissional. Danilo foi escolhido justamente para ajudar a melhorar essa transição. Identificado com o Alvinegro, cabe a ele polir os jogadores na antessala do time profissional.

Pensando nessa melhora, Duílio anexou o sub-23 ao departamento de formação.

O time agora comandado por Danilo foi, durante a gestão de Andrés Sanchez, um dos maiores alvos de críticas internas. Principalmente por causa de contratações não referendadas por membros da comissão técnica da equipe principal. Isso dá uma dimensão da importância do trabalho do ex-jogador.

No entanto, ele é considerado verde para assumir o time principal. Além disso, em tese, colocá-lo para assumir a equipe principal interinamente atrapalharia seu trabalho no sub-23. Ele foi contratado em janeiro para iniciar a carreira de treinador.

A diretoria corintiana optou por deixar o time profissional sob o comando do trio formado por Fernando Lázaro (analista de desempenho), Flávio de Oliveira (preparador físico) e Mauro da Silva (observador técnico) enquanto busca um novo treinador. Renato Gaúcho é o preferido.

Errata

Diferentemente do que foi publicado na primeira versão do post, o ex-goleiro Yamada não trabalha mais como gerente das categorias de base do Corinthians.

Se inscreva no canal Ricardo Perrone no YouTube.

Blog do Perrone