PUBLICIDADE
Topo

Maior do futebol no Brasil, patrocínio do Flamengo equivale ao do Burnley

Logo da Three no uniforme principal do Chelsea para a temporada 2020/2021 - Divulgação/ChelseaFC
Logo da Three no uniforme principal do Chelsea para a temporada 2020/2021 Imagem: Divulgação/ChelseaFC
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

04/07/2020 04h00

O Chelsea estreou sua nova camisa, da temporada 2020/2021, na derrota (3 a 2) para o West Ham, quarta-feira, em Londres. O time azul da capital inglesa deixou o patrocínio dos pneus japoneses Yokohama e agora estampa no uniforme da Nike o logo da Three, companhia britânica que atua nos serviços de internet, telefonia e telecomunicações.

Manchester United Bruno Fernandes Pogba - Pool/Getty Images - Pool/Getty Images
Bruno Fernandes e Pogba, titulares do meio-campo do Manchester United com Chevrolet no uniforme
Imagem: Pool/Getty Images

O contrato renderá anualmente 40 milhões de libras aos Blues, cifras semelhantes às do antigo parceiro, que mantêm o Chelsea no patamar de Liverpool (Standard Chartered) e Arsenal (Emirates Airways). O trio divide o terceiro posto no ranking dos times que mais faturam com patrocínio master na Premier League. O Tottenham (AIA) leva 35 milhões de libras.

Pulisic (à esquerda no detalhe) e Alonso (disputando o lance) com o novo patrocínio do Chelsea frente ao West Ham - Reprodução TV - Reprodução TV
Alonso com o novo patrocínio do Chelsea na derrota para o West Ham pela Premier Lague
Imagem: Reprodução TV

Os times de Manchester têm os dois primeiros postos de tal ranking. O City (Etihad Airways) recebe 45 milhões de libras da companhia aérea dos Emirados Árabes, donos do time. Já o United segue líder absoluto da lista, graças ao acordo fantástico com a Chevrolet. São 64 milhões de libras por temporada, mesmo sem ter feito bons campeonatos recentes.

O goleiro do Burnley, Joe Hart, pode ir para o Arsenal após a lesão de Leno - Anthony Devlin - PA Images/PA Images via Getty Images - Anthony Devlin - PA Images/PA Images via Getty Images
Ex-Manchester City e seleção inglesa, o atual goleiro do reserva do Burnley, Joe Hart, com LoveBet na camisa
Imagem: Anthony Devlin - PA Images/PA Images via Getty Images

Para efeito de comparação, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, disse recentemente que, em cenário realista, espera que o acordo com o BRB (Banco Regional de Brasília), renda R$ 50 milhões/ano. Há a possibilidade de alcançar valores maiores, dependendo de resultados no mercado. Tal cifra equivale a cerca de 7,5 milhões de libras. Detalhe: esse patrocínio é excelente para a realidade atual no país.

Gerson fez um golaço, o segundo na vitória do Flamengo sobre o Boavista - Alexandre Vidal/Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo
No primeiro jogo com patrocínio da BRB, Flamengo venceu o Boavista com golaço de Gerson
Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

Não é difícil entender a disparidade financeira e o potencial dos ingleses nas contratações. O time de maior sucesso financeiro e técnico no Brasil não consegue pelo espaço mais nobre da camisa mais do que o Burnley. Dono do 18º orçamento entre os 20 times da Premier League (fica à frente apenas de Norwich e Shefffield United), o clube de Lancashire recebe da operadora de apostas asiática LoveBet exatamente 7,5 milhões de libras anuais.

follow us on Twitter follow me on youtube follow me on facebook follow us on instagram follow me on google plus

Mauro Cezar Pereira