PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Kleina diz que Ponte 'soube sofrer' e não saiu com empate por 'detalhe'

Do UOL, em Santos (SP)

22/04/2017 21h30

Ao contrário da primeira semifinal, quando abriu 3 a 0 de vantagem sobre o Palmeiras no Moisés Lucarelli, a Ponte Preta sofreu na noite deste sábado (22) e levou pressão dos donos da casa durante boa parte do jogo. Nada que, de acordo com Gilson Kleina, tenha fugido do que já era esperado para o segundo confronto.

“Hoje nós soubemos sofrer. Nossa preocupação maior era quando fazíamos a marcação um pouco mais alta e a bola entrava no volante. Então começamos a sobrecarregar o Pottker, e ele ficou longe do gol”, analisou o treinador.

De acordo com Gilson Kleina, a Ponte Preta ainda merecia ter saído do Allianz Parque com ao menos um gol na conta.

“Faltou um detalhe para que a gente saísse com o empate. A gente sabe que seria difícil, a classificação passa totalmente pelo primeiro jogo, pela competência que a gente teve no primeiro jogo”, acrescentou.

A Ponte Preta agora espera o confronto entre Corinthians e São Paulo neste domingo, na Arena Corinthians, às 16h (de Brasília), para saber quem irá enfrentar na grande final.

Futebol