PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arrascaeta é o único garantido no clássico. Resto do time só no vestiário

Autor do gol da vitória no único clássico do ano, Arrascaeta está garantido para este sábado - Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Autor do gol da vitória no único clássico do ano, Arrascaeta está garantido para este sábado Imagem: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

31/03/2017 10h32

O técnico Mano Menezes não confirmou a escalação do Cruzeiro para o clássico deste sábado, às 16h diante do Atlético-MG. Apesar de já não ter "importância" na tabela de classificação, já que o rival está garantido na liderança, o comandante preferiu fazer mistério mais uma vez. Nesta sexta-feira, antes de mais um treinamento fechado na Toca da Raposa, Mano revelou que seus onze titulares só sairão no vestiário do Mineirão, horas antes da partida. A única certeza é o uruguaio De Arrascaeta, que volta das Eliminatórias da Copa e está garantido no jogo.

"Sobre a equipe, vocês vão ficar sabendo uma hora antes do jogo. Temos algumas possibilidade, uma delas a volta do De Arrascaeta, que vai iniciar o clássico. Os outros, a maneira que a gente vai jogar, a gente deixa para a hora do clássico, pois é parte importante do processo. Não gosto quando vou para o jogo e não sei a escalação do adversário. Então, vamos segurar", comentou o treinador, em sua entrevista coletiva antes da última atividade.

A preferência por Arrascaeta tem uma explicação. Em sua melhor fase desde que chegou ao clube, o uruguaio é um dos titulares absolutos de Mano. Além disso, tem estrela de sobra no jogo mais importante do estado, tendo já anotado três gols e participações em outros três tentos da Raposa em seis clássicos disputados. Motivos para acreditar em outra boa partida, o camisa 10. Em tom de brincadeira, é o que ele diz tentar fazer para se motivar na véspera do encontro.

Para o jogo contra o Atlético, algumas brechas no time do Cruzeiro ainda estão indefinidas. A primeira delas é no meio-campo. Ariel Cabral e Alisson foram liberados para os treinamentos. Porém, a presença de ambos não é garantida, o que deixa jogadores como Lucas Silva em alerta. Além disso, Mano ainda terá que decidir se Ramón Ábila permanecerá no time. Com o retorno de Arrascaeta, o atacante pode perder sua vaga. Se isso acontecer, Rafael Sóbis voltaria à posição de centroavante. Do contrário, a permanência do jogador deixaria Alisson ou Thiago Neves de fora.

Apesar de não poder alcançar mais o rival na tabela da primeira fase do Mineiro, o clássico é tratado com muita importância dentro e fora do clube. Nesta sexta-feira, torcedores fixaram uma faixa de apoio em frente à portaria da Toca da Raposa com os dizeres: sábado é guerra. O povo está com o time. Longe dali, nos postos de venda de ingressos, a procura também não decepcionou. Até a última quinta-feira, mais de 30 mil bilhetes já haviam sido vendidos para os cruzeirenses.

Futebol