PUBLICIDADE
Topo

Carioca - 2019


Fluminense sofre pressão, mas vence Portuguesa com gol de novo xodó

Siga o UOL Esporte no

27/01/2019 18h58

O Fluminense fez o dever de casa e venceu a Portuguesa por 3 a 1 neste domingo, no Maracanã. O lateral direito Ezequiel fez o primeiro gol da partida após passe açucarado de Daniel. O novo xodó Yony González e Luciano completaram e Douglas Eskilo descontou. Apesar do triunfo, o Tricolor não repetiu a boa atuação do meio de semana quando goleou o Americano.

Com a vitória, o Fluminense chega a sete pontos e assume a liderança do Grupo B da Taça Guanabara - o Vasco ainda joga na rodada e pode retomar a ponta. O Tricolor volta a campo na quarta-feira, quando receberá o Madureira, no Maracanã.

Quem foi bem: Daniel e Everaldo

O apoiador vive grande momento. Após participar de três gols contra o Americano, Daniel deu mais uma assistência neste domingo e resolveu o jogo para o Fluminense. Everaldo, por sua vez, deu muito trabalho ao adversário mesmo após cair de produção no segundo tempo. Deu assistência para Yony González, que definiu a vitória.

Quem foi mal: Luciano e Airton

Mal no jogo, Luciano desperdiça boa chance no ataque

Gols UOL Esporte

O atacante do Fluminense não tem conseguido repetir o mesmo desempenho da temporada passada. Luciano tem jogado mais recuado e tem errado muitas jogadas. Já Airton caiu de produção após estrear bem na temporada. Levou um cartão amarelo muito cedo.

Negociado, Ibañez desfalca Flu

O Fluminense está muito próximo de perder Ibañez para o futebol italiano. O zagueiro está com negociações bastante avançadas para defender o Atalanta-ITA e sequer foi relacionado para a partida do Tricolor contra a Portuguesa, no Maracanã. Ele iniciou a temporada como titular de Fernando Diniz ao lado de Matheus Ferraz. O zagueiro, inclusive, marcou na estreia contra o Volta Redonda, no Maracanã. No sistema do novo treinador, ele vinha sendo elogiado pela boa qualidade na saída de bola. 

No estilo Diniz, Flu 'força' saída de bola mesmo com marcação alta

Com a chegada de Fernando Diniz, o Fluminense já adotou o estilo do novo treinador. Um exemplo disso é a saída de bola sem chutões. Os adversários já estão cientes da situação e fazem a marcação alta, para pressionar os zagueiros e goleiro, com menos intimidade com a bola. Mesmo assim, o Tricolor se recusa a mudar a forma que vem treinando. Aos 8min, Airton não percebeu o adversário e quase entregou o gol para a Portuguesa.

Com mais uma assistência de Daniel, Flu abre placar

Com posse de bola, o Fluminense demonstrou calma para furar a defesa da Portuguesa para abrir o placar. E o gol não demorou a sair. Após participar de três dos quatro gols da equipe na goleada sobre o Americano, Daniel voltou a servir os companheiros. Ele recebeu bola na esquerda e cruzou na medida para Ezequiel dentro da área. O lateral cumprimentou de cabeça e abriu o placar: 1 a 0, aos 13min do primeiro tempo.

Sem contra-ataques, Portuguesa assusta na bola parada

Time que fica com a posse de bola deve tomar cuidado quando a perde. O Fluminense não teve dificuldade nesse sentido, já que a transição defensiva funcionava muito bem no primeiro tempo. Sobrou para a Portuguesa, então, levar perigo à meta de Rodolfo com as bolas paradas. Em uma delas, Marcão quase empatou. O zagueiro, no entanto, mandou para fora.

Portuguesa pressiona no fim do 1º tempo

No fim do primeiro tempo, a Portuguesa se lançou ao ataque e fez pressão no Fluminense em busca do empate. O time da Ilha do governador conseguiu bons lances principalmente em jogadas de Diguinho e Romarinho. Rodolfo mostrou segurança e fez boas defesas para manter a vitória parcial para o intervalo.

Romarinho acerta a trave na volta do intervalo

O Fluminense voltou para o segundo tempo com pegada diferente do que apresentou na etapa inicial. Dando mais espaços, o Tricolor viu a Portuguesa levar perigo para o gol de Rodolfo. Romarinho recebeu na entrada da área, driblou Mascarenhas e acertou uma pancada no travessão.

Rodolfo salva e Flu amplia

A Portuguesa se lançou ao ataque e por muito pouco não conseguiu o empata. Isso porque Rodolfo teve grande atuação e fez grandes defesas. principalmente em um chite de Nilson. No lance seguinte, o Tricolor ampliou. Everaldo fez grande jogada e rolou para Yony González finalizar com categoria: 2 a 0.

Portuguesa desconta

Quando o jogo parecia decidido após o Fluminense fazer 2 a 0, a Portuguesa finalmente conseguiu o gol. Douglas Eskilo, que havia entrado há pouco na partida, recebeu dentro da área e tocou por baixo do goleiro Rodolfo: 2 a 1. Mesmo perto do fim, o duelo estava aberto.

Mal, Luciano define vitória

Luciano não teve grande atuação. Pelo contrário. Entretanto, aos 44min do segundo tempo, o atacante finalmente acertou um lance e fez o gol que deu trnaquilidade ao Fluminense. Bruno Silva cruzou da direita e ele fechou escorando para as redes.

FLUMINENSE 3 X 1 PORTUGUESA

Data e hora: 27/01/2019, domingo, às 17h (horário de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Philip George Bennett
Auxiliares: Daniel de Oliveira Alves Pereira e Andréa Izaura Maffra Marcelindo de Sá
Gols: Ezequiel, aos 13min do primeiro tempo; Yony González, aos 34min, e Douglas Eskilo, aos 36min, Luciano aos 44min do segundo tempo
Cartões amarelo: Adriano, Maicon Assis e Cássio (POR) Daniel e Airton (FLU)

Fluminense
Rodolfo; Exequiel, Nathan, Matheus Ferraz e Mascarenhas; Airton, Bruno Silva, Daniel (Caio Henrique); Everaldo, Luciano e Yony González
Técnico: Fernando Diniz

Portuguesa
Ruan; Adriano (Everton Sena), André Santos, Marcão e Diego Maia; Caio, Henrique, Maicon Assis e Diguinho; Romarinho (Douglas Eskilo) e Tiago Amaral (Nilson)
Técnico: Rogério Corrêa