PUBLICIDADE
Topo

Carioca - 2019

Flu cresce com reforços e mostra entrosamento em 1ª vitória do ano

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/01/2019 04h00

A diferença foi abissal. Após atuação bem questionável na primeira rodada do Campeonato Carioca, quando empatou com o Volta Redonda, no Maracanã, o Fluminense mostrou uma nova cara diante do Americano. Uma goleada por 4 a 0 e com bom desempenho. Há uma explicação. O Tricolor contou com a estreia de atletas que fizeram a diferença.

Leia Mais

Yony González marcou dois gols e fez a diferença. Mas além do colombiano também fizeram suas estreias Bruno Silva, Ezequiel entre os titulares e Matheus Gonçalves e Caio Henrique, vindo do banco de reservas. A chegada dos reforços foi importante também para fazer com que atletas que já estavam no time crescessem de produção.

Foi o caso de Daniel. O meio-campista é um velho conhecido da torcida já que está no elenco há alguns anos. Após desperdiçar as poucas oportunidades que teve, o jogador finalmente dá mostras de que poderá ter o destaque esperado após ser promovido aos profissionais. 

Ele participou diretamente de três dos quatro gols marcados pelo Fluminense. Foi o dele o passe para Luciano rolar para Everaldo marcar. Daniel ainda cruzou na cabeça de Matheus Ferraz no terceiro e deu passe açucarado para Yony González decretar a goleada.

E se Daniel brilhou, muito disso se deve à movimentação criada com a entrada de Yony González. Ao lado de Everaldo e Luciano, o Tricolor ficou com um ataque veloz. Bom para apoiadores que tem boa qualidade no passe. O colombiano ainda mostrou faro de artilheiro, algo inesperado até o momento.

"As atuações individuais, não só o Yony. Luciano, Everaldo, Daniel, Bruno Silva... Hoje não dá para apontar um jogador que tenha ido mal. Isso mostra um time sólido, mas repito: tem de deixar o pé bastante no chão. A nossa escalada está no começo", disse Fernando Diniz, técnico do Fluminense.

Com a vitória, o Fluminense chegou aos 4 pontos e pulou para a vice-liderança do Grupo B, atrás apenas do Vasco, com 6. O Tricolor volta a campo no domingo, quando receberá a Portuguesa, no Maracanã.