PUBLICIDADE
Topo

Com dois de Benzema, Real goleia Espanyol e segue a 10 pontos do Barcelona

Jogadores do Real Madrid comemoram gol contra o Espanyol - JOSEP LAGO/AFP
Jogadores do Real Madrid comemoram gol contra o Espanyol Imagem: JOSEP LAGO/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/01/2019 19h37

O Real Madrid não teve dificuldade para vencer o Espanyol neste domingo (27), pela 21ª rodada do Campeonato Espanhol. Jogando fora de casa, o time madrileno venceu por 4 a 2, com dois gols de Benzema, um de Sergio Ramos e um de Bale. O brasileiro naturalizado espanhol e italiano Léo Baptistão  e Rosales descontaram para os anfitriões.

Com o resultado, o Real segue em terceiro lugar, com 39 pontos - dez a menos que o líder e arquirrival Barcelona. O Espanyol, por sua vez, cai duas posições e termina a rodada em 15º lugar, com 24 pontos.

O próximo compromisso do Real no torneio nacional será contra o Alavés, no próximo domingo (3), no Santiago Bernabéu. Antes, contudo, enfrentará o Girona pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Rei da Espanha - o time de Madri venceu a ida por 4 a 2 em casa. O Espanyol, por sua vez, enfrentará o Betis - o jogo de ida acabou empatado em 1 a 1. No Espanhol, o próximo rival será o Villarreal.

O melhor: Benzema
Karim Benzema teve atuação de gala neste domingo. Artilheiro do Real Madrid na temporada, o francês colocou mais dois gols em sua conta e comandou a vitória madrilena em Barcelona. No primeiro gol, após falha da defesa do Espanyol, mandou o rebote da finalização de Modric para o fundo das redes; no segundo, aproveitou sobra de jogada com o brasileiro Vinícius Júnior. O atacante chegou ao 300º gol de sua carreira, sendo 207 com a camisa merengue, e não parou depois de marcar: seguiu levando perigo por todo o tempo que ficou em campo.

O pior: Kroos
O alemão esteve mal de pontaria no estádio Cornellà-El Prat. Foi deixado em condições favoráveis pelo menos duas vezes, por Benzema e Vinícius Júnior, e errou todas as finalizações que arriscou. Aos 10 da segunda etapa, se livrou da marcação e arriscou da entrada da área, mas mandou a bola na arquibancada. O brasileiro Casemiro também cometeu um erro grave. No segundo tempo, deu a bola nos pés de Sergio García e foi salvo por Carvajal, que tirou a bola em cima da linha.

Vinícius Júnior se destaca mais uma vez
Elogiado por treinadores, colegas e pela imprensa espanhola, o garoto brasileiro manteve o alto nível, abriu espaços, buscou jogo e arriscou o tempo todo. Logo no primeiro lance da partida, levou perigo e obrigou o goleiro Diego López a trabalhar. Participou da jogada do segundo gol de Benzema, tabelando e dando assistência para o francês. No segundo tempo, perdeu a cabeça e deu um pisão no zagueiro Hermoso, que ficou caído no gramado, mas o juiz não acionou o VAR e livrou o garoto do cartão.

O zagueiro-artilheiro Sergio Ramos
O Real Madrid não deu chances ao adversário e dominou as ações no primeiro tempo. Aos 14 minutos, o time já vencia por 1 a 0 quando Sergio Ramos aproveitou uma bola cruzada por Modric e fez, de cabeça, seu quinto gol nesta edição do Espanhol. Com a vitória já encaminhada, o zagueiro (e vice-artilheiro do Real no torneio, ao lado de Bale) foi sacado no intervalo para entrada de Nacho Fernández.

E teve gol brasileiro no duelo...
Mesmo perdendo por 2 a 0, o Espanyol ensaiou uma reação e começou a pressionar. Aos 24, o brasileiro naturalizado espanhol Léo Baptistão aproveitou um chute de Darder e descontou. O time ganhou confiança com o gol e tentou ir para cima. O Real, contudo, logo jogou um balde de água fria na tentativa do adversário: controlou o jogo e respondeu com o terceiro gol, feito por Benzema nos acréscimos da primeira etapa.

A estrela de Santiago Solari brilha
Depois de esfriar a reação do adversário, o Real controlou as ações no segundo tempo. Modric quase fez o seu após tabela com Benzema, mas parou em bela defesa de Diego López. Pouco depois o croata devolveu o presente, e o francês desperdiçou. O relógio marcava pouco menos de 20 minutos quando o técnico Santiago Solari decidiu sacar Vinícius Júnior para entrada de Gareth Bale, recuperado de lesão e que estava há quase um mês sem atuar. Foram preciso só três minutos. O galês recebeu boa bola de Nacho na área, driblou o marcador e mandou para o fundo das redes.

VAR confirma segundo gol do Espanyol
O zagueiro Varane fez falta infantil em Piatti, recebeu vermelho direto e foi salvo por poucos metros de cometer pênalti. Com um a menos, o Real Madrid diminuiu o ritmo e passou a esperar o Espanyol no campo de defesa. Foi a brecha para o time fazer seu segundo gol com Rosales, que recebeu lançamento e mandou para o gol. Inicialmente o árbitro marcou impedimento, mas consultou o VAR e viu que o lateral Marcelo, que recém havia entrado no lugar de Modric, dava condição ao atacante. Na reta final, o Real conseguiu administrar a vantagem para garantir os três pontos.

FICHA TÉCNICA
ESPANYOL 2 X 4 REAL MADRID


Data e hora: 27 de janeiro de 2019, domingo, às 17h45 (de Brasília)
Local: Estádio Cornellà-El Prat, em Barcelona
Cartões amarelos: Roca, Sergio Ramos, Sergio García, Nacho Fernández, Carvajal e Courtois
Cartões vermelhos: Varane
Gols: Benzema, aos 4' e aos 45', Sergio Ramos, aos 14', Léo Baptistão, aos 24' do primeiro tempo; Bale, aos 21', e Rosales, aos 36' do segundo tempo

ESPANYOL: Diego López; Javi López, Lluis López, Hermoso e Vilà (Rosales); Roca, Darder (Melendo) e Álex López; Iglesias, Léo Baptistão (Piatti) e Sergio García. Técnico: Rubi

REAL MADRID: Courtois; Daniel Carvajal, Varane, Sergio Ramos (Nacho Fernández) e Reguillón; Casemiro, Modric (Marcelo) e Kroos; Vinícius Júnior (Gareth Bale), Lucas Vázquez e Benzema. Técnico: Santiago Solari