PUBLICIDADE
Topo

Coutinho brilha e Messi faz gol 400 no Espanhol em vitória do Barcelona

ALBERT GEA/REUTERS
Imagem: ALBERT GEA/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

13/01/2019 17h20

O Barcelona segue sem dar chances para os rivais no Campeonato Espanhol. Com boa atuação de Philippe Coutinho, dois gols de Suárez e marca histórica de Lionel Messi, o time catalão venceu o Eibar por 3 a 0 neste domingo (13), no Camp Nou, e manteve a vantagem de cinco pontos para o Atlético de Madri na liderança na tabela.

O confronto foi marcado por dois tempos distintos. Em uma primeira etapa pouco inspirada, a equipe saiu na frente graças a uma boa tabela de Coutinho e Suárez, que terminou com gol do uruguaio. No segundo tempo, a história foi outra. A equipe de Ernesto Valverde envolveu o adversário e ampliou o placar com Messi, que chegou ao 400º gol na liga espanhola, e novamente Luis Suárez.

Com o resultado, o Barça chega a 43 pontos após 19 jogos e segue isolado na liderança do Espanhol. O segundo colocado é o Atlético de Madri, que venceu o Levante por 1 a 0 também neste domingo, e soma 38 pontos.

O Barcelona volta a campo na próxima quinta-feira (17), contra o Levante, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Rei. No primeiro encontro, o time catalão foi derrotado por 2 a 1, fora de casa.

O melhor: Suárez
Suárez comemora gol do Barcelona contra o Eibar - LLUIS GENE/AFP - LLUIS GENE/AFP
Imagem: LLUIS GENE/AFP

Luis Suárez foi o grande nome do Barcelona no confronto. O uruguaio balançou a rede duas vezes no confronto e deu a assistência para o gol de Lionel Messi. O atacante é o vice-artilheiro do Campeonato Espanhol, com 14 gols - atrás de Messi, que soma 17.

O pior: Enrich

O atacante Enrich desperdiçou a oportunidade que poderia ter mudado a sorte do Eibar na partida. O atacante perdeu a chance de igualar a partida em uma finalização de cabeça no primeiro tempo e ainda foi advertido pela arbitragem com um cartão amarelo por reclamação.

Barça sai na frente após boa tabela

O Barcelona não fez um primeiro tempo brilhante, mas uma bela troca de passes resultou no gol que deixou a equipe em vantagem na ida para o intervalo. Aos 19 minutos, Suárez tabelou com Coutinho, invadiu a área e, mesmo desequilibrado, completou para o fundo da rede.

Apesar de dominar a posse bola na etapa inicial, o Barça ameaçou pouco o adversário. Foram apenas dois chutes ao gol no primeiro tempo - contra cinco do Eibar. O time catalão chegou a levar um susto aos 27 minutos, quando Enrich aproveitou cruzamento de Peña e cabeceou perto da trave de Ter Stegen.

400 vezes Messi

Lionel Messi atingiu mais uma marca de respeito na carreira. Neste domingo, o argentino chegou ao gol de número 400 em jogos pelo Campeonato Espanhol. O camisa 10 estava apagado na partida, mas aproveitou a primeira oportunidade ao receber passe de Suárez dentro da área e bateu cruzado anotar o segundo gol do Barcelona no jogo. Ele é o maior artilheiro da história da liga.

Em blitz, Barça faz o terceiro

Se o primeiro tempo foi de pouca inspiração para o Barcelona, no segundo tempo o time comandado por Ernesto Valverde voltou com outra cara. Foram 15 minutos de pressão em cima do Eibar. Após Messi ampliar o placar aos sete minutos, Suárez deixou o segundo dele na partida em um lance de oportunismo. O uruguaio aproveitou bobeira da defesa adversária, recebeu passe de Sergi Roberto e completou de três dedos após invadir a área. 

A equipe ainda teve outra grande chance para ampliar, quando Suárez serviu Messi com toque de calcanhar na entrada da área, mas o argentino chutou em cima do goleiro.

Criticado, Coutinho responde com assistência
Coutinho em ação contra o Eibar - Lluis Gene/AFP - Lluis Gene/AFP
Imagem: Lluis Gene/AFP

Philippe Coutinho respondeu com uma boa atuação às críticas recebidas pela imprensa espanhola nas últimas semanas. O brasileiro iniciou o jogo entre os titulares e teve participação decisiva ao dar a assistência para o gol de Luis Suárez, no primeiro tempo. A escolha do ex-Liverpool para começar a partida surpreendeu. Ele não começava jogando no Campeonato Espanhol desde a 14ª rodada.

Além da assistência, Coutinho deu trabalho aos marcadores ao longo do confronto. No início do segundo tempo, o meia deu um lindo chapéu em Escalante, tabelou com Messi e por pouco não concluiu com um gol.