Topo

Espanhol - 2019


Messi brilha, Barcelona bate Celta e termina ano na liderança do Espanhol

Messi comanda o ataque do Barcelona durante confronto com Celta de Vigo - Josep Lago/AFP
Messi comanda o ataque do Barcelona durante confronto com Celta de Vigo Imagem: Josep Lago/AFP

Do UOL, em São Paulo

22/12/2018 17h24

Em grande fase, Lionel Messi comandou o Barcelona mais uma vez na vitória por 2 a 0 sobre o Celta de Vigo, neste sábado, pelo Campeonato Espanhol. O argentino articulou várias jogadas ofensivas, deixou sua marca e foi o destaque em uma partida tranquila para o clube catalão no Camp Nou.

O resultado consolida a liderança do Barça no Espanhol com 37 pontos. O Atlético de Madrid, que contou com o VAR para derrotar o Espanyol com um gol de pênalti é o segundo colocado, com 34 pontos.

O Celta fecha 2017 com 21 pontos, ocupando a faixa central da tabela da competição. O Real Madrid, que não jogou no final de semana por estar disputando o Mundial de Clubes é o quarto colocado, com 29 pontos em 16 rodadas.

Messi orquestra jogada, mas é Dembele quem marca

Dembele comemora com Suarez gol marcado na vitória sobre o Celta - Josep Lago/AFP
Dembele comemora com Suarez gol marcado na vitória sobre o Celta
Imagem: Josep Lago/AFP
???????

O Barcelona abriu o placar no Camp Nou em menos de dez minutos, com jogada toda saindo dos pés de Messi. O argentino lançou Jordi Alba, apareceu na entrada da área para receber e finalizou rasteiro. Blanco rebateu nos pés de Dembele, e o francês só teve o trabalho de tocar para as redes, por baixo das pernas do goleiro do Celta.

Ter Stegen aparece bem em rara descida do Celta ao ataque

O Celta tem um ataque técnico, com Iago Aspas, Boufal e Maxi Gomez, mas teve muitas dificuldades para agredir o Barcelona. Em uma das raras descidas, Gomez foi quem recebeu na entrada da área e finalizou bem, no canto esquerdo, para uma boa defesa de Ter Stegen.

Messi aparece de novo e sepulta reação do Celta

Depois de criar a jogada do primeiro gol, Messi apareceu de novo, desta vez para balançar as redes. O camisa 10 recebeu um belo lançamento de Jordi Alba e, dentro da área, dominou com categoria para finalizar sem nenhuma chance de defesa para Blanco. Foi o 15º gol de Messi em 15 jogos pelo Espanhol, média de um por partida.

Brasileiros entram na segunda etapa, mas não têm tempo de mostrar serviço

Arthur e Coutinho começaram a partida no banco de reservas, e foram colocados por Ernesto Valverde na segunda etapa. Os brasileiros, entretanto, foram prejudicados pelo ritmo da partida, já decidida, e não tiveram tempo de mostrar serviço.