PUBLICIDADE
Topo

Marcelo marca em retorno, mas Real Madrid perde em casa e pressão aumenta

Gabriel Bouys/AFP
Imagem: Gabriel Bouys/AFP

Do UOL, em São Paulo

20/10/2018 09h55

A pressão é ainda maior no Real Madrid. Neste sábado (20), ao perder para o Levante por 2 a 1 em pleno Santiago Bernabéu, pela nona rodada do Campeonato Espanhol, a equipe de Julen Lopetegui chegou ao quinto jogo sem vitória em todas as competições que disputa. Apesar do gol do brasileiro Marcelo, que retornava de lesão, os visitantes já haviam criado a vantagem com Morales e Roger, de pênalti.

A partida, eletrizante nos primeiros minutos, contou com a utilização do VAR (árbitro de vídeo) em três oportunidades: anulou um gol de cada lado, por impedimento, e revisou o lance em que Varane colocou a mão na bola e cometeu a penalidade.

Longe das primeiras colocações na tabela, em quinto, o Real espera a definição da rodada para entender o prejuízo da derrota. Até o momento, são três pontos de diferença para o líder Alavés, que bateu o Celta na última sexta-feira. 

Na sequência do Campeonato Espanhol, o Real Madrid terá o desafio de enfrentar o Barcelona no Camp Nou no próximo domingo (28) - antes, porém, joga com o Viktoria Plzen na terça-feira (23), pela terceira rodada da Liga dos Campeões. Já o Levante recebe o Leganés no sábado (27).

O melhor: Olazabal

Teve um nome responsável pelo tropeço do Real Madrid: Oier Olazabal. Além da falta de sorte dos mandantes, que acertaram a trave duas vezes (com Mariano e Benzema), o goleiro do Levante segurou pelo menos quatro ofensivas pelo alto. No segundo tempo, ainda fez linda defesa após cobrança de falta de Bale.

O pior: Varane

Varane se lamenta durante Real Madrid x Levante, neste sábado - Susana Vera/Reuters - Susana Vera/Reuters
Imagem: Susana Vera/Reuters

Foi fácil definir o pior jogador em campo neste sábado. Com 14 minutos de jogo, o zagueiro francês já havia falhado, e dado de presente a Morales a chance de abrir o placar, como foi, e cometido um pênalti, assinalado pelo VAR.

Aí, Varane...

Os merengues já estavam pressionados antes mesmo do começo da partida. Quando Varane titubeou, Morales aproveitou o passe de Postigo nas costas do zagueiro, driblou Courtois e balançou as redes, a situação piorou.

E ela ainda se agravaria após o árbitro de vídeo entrar em ação. O árbitro consultou as imagens e assinalou pênalti do francês em Roger. Na cobrança, o próprio Roger mandou a bola no canto esquerdo do goleiro e ampliou.

Marcelo retorna com gol

Marcelo comemora seu gol durante Real Madrid x Levante, neste sábado - Susana Vera/Reuters - Susana Vera/Reuters
Imagem: Susana Vera/Reuters

O brasileiro estava afastado dos gramados desde o dia 26 de setembro, quando o Real perdeu para o Sevilla por 3 a 0. Recuperado da lesão muscular na perna direita, o lateral esquerdo retomou a condição de titular na equipe e foi premiado com gol. Aos 27 minutos da etapa final, recebeu passe dentro da área de Benzema e bateu forte de direita para tirar o Real da seca. O atleta comemorou muito.

Começo eletrizante

O Levante não se intimidou com o Real, que jogava diante de seu torcedor no Santiago Bernabéu. Apesar de começar com marcação baixa, não abdicou do contra-ataque em nenhum momento, onde foi muito perigoso. Quando fez 2 a 0, e viu a arbitragem anular um gol merengue com o auxílio do vídeo por posição de impedimento de Asensio logo em seguida, cresceu mais ainda e passou a pressionar a saída de bola de um Real abatido.

Real leva perigo pelo alto

A equipe de Lopetegui foi para o intervalo com uma dura desvantagem, mas com uma certeza: as bolas aéreas poderiam ser um caminho. Além do gol anulado de Asensio, foram no mínimo mais quatro chances claras de diminuir o placar por meio de cruzamentos. Entre as principais oportunidades, Sergio Ramos, duas vezes, e Varane pararam em defesas de Olazabal e Mariano acertou o travessão em outra.

Jejum histórico

Antes de o brasileiro balançar as redes, os merengues bateram um recorde negativo: o maior tempo sem marcar um gol. Contando o duelo deste sábado, foram 481 minutos de seca - o equivalente a 8 horas e um minuto - entre o gol de Asensio, em 22 de setembro, contra o Espanyol, e o marcado de direita por Marcelo.

Ficha técnica

Real Madrid 1 x 2 Levante

Data: 20 de outubro de 2018, sábado
Horário: 8 horas (de Brasília)
Local: Estádio Santigo Bernabéu, na Espanha
Árbitro: Guillermo Cuadra Fernández
Cartões amarelos: Cabaco e Jason (Levante)

Gols: Morales, aos 7', e Roger, aos 14 minutos do primeiro tempo; Marcelo, aos 27 minutos da etapa final.

REAL MADRID: Courtois; Odriozola (Bale), Sergio Ramos, Varane e Marcelo; Casemiro, Modric e Isco (Benzema); Lucas Vázquez, Mariano Díaz e Asensio (Ceballos).
Técnico: Julen Lopetegui

LEVANTE: Olazabal; Cabaco, Postigo (Chema) e Róber Pier; Jason, Rochina (Doukouré), Bardhi, Campaña e Toño; Roger Marti (Boateng) e Morales.
Técnico: Paco López