PUBLICIDADE
Topo

Espanhol - 2019

Cristiano Ronaldo faz 2, fica perto de marca e define nova vitória do Real

Do UOL, em São Paulo

24/02/2018 14h06

O Real Madrid goleou o Alavés por 4 a 0 neste sábado (24), no Santiago Bernabéu, e alcançou a quarta vitória consecutiva no Campeonato Espanhol. Destaque para Cristiano Ronaldo, que fez dois gols e ficou a apenas um de alcançar a marca de 300 no torneio, segundo números do site de La Liga.

Quem também foi decisivo na partida foi Benzema, que deu duas assistências e anotou um de pênalti para rebater as críticas que recebeu depois de perder dois gols claros no primeiro tempo. Bale também balançou as redes para os merengues.

O resultado deixa a equipe do técnico Zinedine Zidane na terceira posição de La Liga, com 51 pontos, a quatro do Atlético de Madrid e 11 do Barcelona, que ainda jogam na rodada. O Alavés é o 15º, com 28. 

Invictos agora há sete jogos contando todas as competições, o Real volta a campo já nesta terça-feira, quando visita o Espanyol também pelo Espanhol. Dois dias depois, o Alavés recebe o Levante. 

Homenagem

Antes de a bola rolar, foi respeitado um minuto de silêncio em memória ao policial Inocêncio Garcia, que morreu aos 50 anos após sofrer uma parada cardíaca durante confusão entre torcedores de Athletic Bilbao e Spartak Moscou na última quinta, no País Basco, antes do embate entre os dois times pela Liga Europa.

Desfalques, retorno e brasileiros 

O Real entrou em campo sem os lesionados Marcelo, Kroos e Modric e o suspenso Sergio Ramos. Por outro lado, Cristiano Ronaldo retornou após ser poupado no meio de semana contra o Leganés e formou o trio BBC com Benzema e Bale.

A partida ainda contou com dois brasileiros. Do lado merengue, Casemiro foi mais uma vez titular e teve boa atuação, aparecendo bem tanto na marcação como na construção de jogadas. Ao ser substituído a 13 minutos do fim, ganhou aplausos da torcida. Já no Alavés, o zagueiro Rodrigo Ely, ex-Milan e seleção sub-23, chegou a ganhar dividida de Cristiano e não teve culpa nos gols. 

Benzema cornetado

Depois de um início muito truncado, Real Madrid e Alavés fizeram um primeiro tempo movimentado no Santiago Bernabéu, com chances dos dois lados. Como esperado, os merengues ditaram o ritmo e controlaram as ações na maior parte do tempo.

As primeiras chances foram nos pés de Benzema, mas o francês não aproveitou. Na primeira, recebeu livre pela direita, mas escorregou e isolou. Na segunda, completou cruzamento e carimbou a trave na pequena área. A jogada foi anulada por impedimento, mas a sequência de erros foi o suficiente para o atacante ser criticado e se tornar um dos assuntos mais comentados no Twitter.

Bale fica no quase, mas CR7 define

Os donos da casa tentaram aumentar a pressão, e os dez minutos finais da etapa inicial foram emocionantes. Aos 35, Bale quase marcou um golaço de bicicleta, após boa jogada de Benzema. O Alavés respondeu com chute colocado de Pedraza, mas Navas defendeu. Na sequência, Bale teve nova chance, aproveitando falha feia de Pacheco na saída de bola, mas o goleiro conseguiu se recuperar.

O Real enfim abriria o placar aos 43 minutos. Benzema tocou de letra e Cristiano Ronaldo bateu firme da entrada da área no canto esquerdo. O Alavés ainda tentou com Alexis, e Navas voltou a aparecer bem, defendendo chute à queima-roupa da pequena área.

Sem respirar

A esperança do Alavés de buscar a igualdade sofreu um duro golpe logo no primeiro minuto do segundo tempo. Benzema, criticado pelos erros de finalização, foi mais uma vez garçom, aproveitando vacilo na saída de bola dos visitantes para servir Bale. Desta vez o galês não errou o alvo.

 CR7 se aproxima de marca

O terceiro gol merengue saiu aos 15 minutos. Cristiano Ronaldo fez boa jogada com Lucas Vásquez e completou de primeira. Décimo gol nos últimos seis jogos do português, que ficou a apenas um de alcançar a marca de 300 gols pelo Real em campeonatos espanhóis. 

Benzema fecha o placar

O jogo continuou movimentado nos 30 minutos finais, com os dois times criando chances. Mas foi o Real quem marcou de novo. Aos 43 minutos, Bale foi derrubado na área por Laguardia. Cristiano Ronaldo poderia bater e chegar ao gol 300. Mas deixou Benzema cobrar. O francês converteu e transformou as vaias que ouviu em aplausos.