PUBLICIDADE
Topo

Espanhol - 2019

Neymar faz 2, finda jejum, e Barça segue na briga por taça na Espanha

Do UOL, em São Paulo

26/03/2014 17h54Atualizada em 26/03/2014 22h25

Neymar foi alvo de críticas de Johan Cruyff, ídolo do Barcelona, na última terça-feira. O holandês disse que o clube cometeu uma "enorme estupidez" ao contratar o brasileiro. A melhor resposta? Marcar logo aos cinco minutos de jogo no dia seguinte às críticas públicas. Assim, o atacante ajudou o Barcelona a vencer o Celta de Vigo, por 3 a 0 - ele também fez o 3° do time -, e a se manter na briga pelo título do Campeonato Espanhol com Real Madrid e Atlético de Madri.

Três dias depois de ser titular no clássico contra o Real, vencido pelo Barça por 4 a 3, Neymar foi mantido entre os 11 iniciais do clube catalão por Gerardo Martino, formando trio de ataque com Messi e Alexis Sanchez. E foi exatamente por esse trio que a bola passou para encostar nas redes pela primeira vez. Messi tocou em profundidade para Sanchez, que de dentro da área só rolou para Neymar marcar no gol vazio, com o goleiro Yoel batido.

Já no 2° tempo, ele recebeu lançamento ainda de trás do meio de campo, novamente de Sanchez, e conseguiu domínio com o peito. Ajeitou a bola com a cabeça e avançou para a área. Cercado por dois zagueiros, bateu de perna esquerda para fazer 3 a 0. Neymar chegou a 14 gols com a camisa do Barcelona.

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-numeros','/2014/seca-neymar-1395864622898.vm')

Aos 33 minutos do 1° tempo, ele chegou a marcar novo gol, bem anulado: recebeu em impedimento passe de Messi.

E o argentino foi o outro grande nome do Barcelona na partida. Além de participar do 1° gol de Neymar, fez o segundo do Barça, ao receber em profundidade de Iniesta e só tocar na saída de Yoel, aos 29 minutos do 1° tempo.

Messi teria dado outras duas assistências se não fosse o posicionamento errado de seus companheiros: além do gol anulado de Neymar, Fábregas marcou na segunda etapa, apos falta cobrada pelo argentino, mas também estava à frente da zaga do Celta.

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2014/messi-1395865460023.vm') A nota triste do triunfo fácil do Barcelona foi a contusão do goleiro Victor Valdes, ocorrida aos 20 minutos do 1° tempo. Após defender chute alto, caiu no chão reclamando de dores no joelho. Segundo o jornal Sport, da Espanha, é possível que ele fique por seis meses afastado dos gramados. Se isso se concretizar, Valdes perde a Copa do Mundo.

Assim, é possível que tenha sido o último jogo de Valdes pela Barça, já que ele anunciou que deve deixar o clube na próxima temporada.

O Barcelona chegou a 72 pontos no Espanhol. O Atlético de Madri lidera com 73 e o Real possui 70.