PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atlético-MG minimiza jogo feio por vitória e vantagem para salvar o ano

Pequena gordurinha no G-6 pode ser crucial para o Galo pegar uma vaga na Libertadores - Gabriel Machado/AGIF
Pequena gordurinha no G-6 pode ser crucial para o Galo pegar uma vaga na Libertadores Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

17/11/2018 04h00

Faltando mais quatro rodadas para o fim do Brasileirão, o Atlético-MG ainda luta por uma vaga na Libertadores e não quer deixar a atual sexta colocação escapar. A necessidade dos três pontos é tanta que o clube minimiza momentaneamente o entrosamento e a regularidade que o time ainda não conquistou com Levir Culpi para priorizar as vitórias, independente de como aconteçam. Será assim neste sábado, às 21h (de Brasília), diante do Bahia, em que jogar bem será importante, mas a conquista dos três pontos é vista como essencial.

Na rodada passada, o Galo chegou a ficar com dois jogadores a mais no segundo tempo de jogo, mas só conseguiu bater o lanterna Paraná por 1 a 0. Na saída de campo, Elias foi sincero ao analisar que o Atlético não tem time "para dar show". Levir Culpi foi na mesma linha. Vitorioso pela primeira vez desde que retornou ao clube, o treinador vê seu time abrir três pontos para o primeiro concorrente e até valoriza o jogo bonito, mas se atenta aos números que podem colocar a equipe na Libertadores de 2019.

"Todo mundo quer o resultado. Para eu voltar feliz para casa tem que ser com vitória e bom jogo. Quando se faz um bom jogo, que todo mundo assiste e vê que todos se esforçaram, aceito o resultado. Mas é a vitória que te deixa vivo no futebol", comentou o treinador.

Desconsiderando o Cruzeiro, que está a apenas um ponto do Galo, mas com a vaga garantida na Libertadores, o Atlético está três pontos na frente do xará paranaense e quatro do Santos. Por isso, uma eventual vitória é tratada como essencial diante do Bahia, no Independência, o que manteria o Galo pelo menos com essa margem faltando apenas mais três jogos. Também neste final de semana, seus principais concorrentes farão duelos contra equipes que jogam suas últimas fichas pela permanência na primeira divisão, mas com compromissos fora de casa. O Atlético-PR encara o Vitória, enquanto o Santos visita o América-MG, em situação praticamente idêntica.

Apesar de pequena, manter essa diferença de pelo menos três pontos poderá ser crucial para o desfecho do campeonato atleticano. Isso porque os compromissos seguintes do Galo serão contra integrantes da parte alta da tabela. Depois do Bahia, virá o Internacional em Porto Alegre. Em seguida, também fora de casa, pegará o Santos, adversário direto e que pode definir o futuro das equipes. Fechando o campeonato, o Galo receberá o Botafogo, no Horto.

Para o jogo deste sábado, Levir ganhou dois reforços. Ricardo Oliveira e Adilson estão de volta após um jogo de suspensão. Em contrapartida, a lateral direita fica desfalcada de Emerson, pelo mesmo motivo.

ATLÉTICO-MG x BAHIA

Motivo: 35ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 17/11/2018, às 21h (de Brasília)
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adilson, Matheus Galdezani e Elias; Luan, Yimmi Chará (Cazares) e Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi.

BAHIA: Douglas; Bruno, Jackson, Douglas Grolli e Léo (Paulinho); Gregore, Nilton e Flávio; Ramires, Elber e Edigar (Gilberto). Técnico: Enderson Moreira.

Esporte