PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano

Por que posts de um jogador dançando no TikTok causaram polêmica na NFL

JuJu Smith-Schuster, jogador do Pittsburgh Steelers, após jogo contra o Buffalo Bills  - Rich Barnes/USA TODAY Sports
JuJu Smith-Schuster, jogador do Pittsburgh Steelers, após jogo contra o Buffalo Bills Imagem: Rich Barnes/USA TODAY Sports

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/12/2020 04h00

Não é segredo para ninguém que as redes sociais invadiram os esportes, e muitos astros alimentam milhões de seguidores com os mais diversos tipos de postagens. Nas últimas semanas, os fãs de JuJu Smith-Schuster, wide receiver do Pittsburgh Steelers, puderam acompanhar algumas publicações que causaram muita polêmica na NFL e quase criaram uma crise.

JuJu, que tem 2,7 milhões de seguidores no TikTok, costuma compartilhar com os fãs sua rotina de treinos e atividades pré-jogo. O problema é que o jogador realizou alguns destes treinos em cima dos símbolos dos adversários no aquecimento, o que foi muito mal visto até mesmo por pessoas do time dele.

A primeira postagem foi feita em cima do símbolo do Dallas Cowboys há quase dois meses.

Depois, ele também dançou e fez coreografias em cima dos símbolos do Jacksonville Jaguars, Buffalo Bills e Cincinnati Bengals, este último um dos rivais de divisão dos Steelers.

@juju

Steelers MNF #fyp video credit : @chase

? Adderall (Corvette Corvette) - Popp Hunna

O jogador também costuma fazer brincadeiras em cima do símbolo da própria equipe.

Nos duelos contra Cowboys e Jaguars, a equipe de JuJu saiu com a vitória e manteve uma invencibilidade que chegou a 11 jogos. Assim, a dancinha não chamou tanta atenção. Mas os Steelers foram derrotados para Bills e Bengals, e a polêmica ganhou corpo.

Josh Allen, quarterback dos Bills, usou a provocação de JuJu para incentivar ainda mais seus companheiros. "A receita é simples, pessoal. Deixe-os fazer toda a conversa e toda a dança, e nós fazemos o trabalho."

Antes do jogo contra os Steelers, Vonn Bell, defensor dos Bengals, criticou as danças no logo adversário. Durante o jogo, demonstrou nesta jogada a sua indignação.

Ao ser questionado se deixaria de fazer as postagens, JuJu negou e disse que seguiria sendo "autêntico" como sempre. Porém, o fim da invencibilidade e as três derrotas seguidas da equipe parecem ter mudado as coisas em Pittsburgh.

Na semana passada, o técnico da equipe, Mike Tomlin, conhecido pela seriedade em campo, prometeu uma conversa com o comandado. "Somos profissionais. Duvido que uma brincadeira realmente motive o adversário quando entramos em um estádio profissional. Tem a ver com respeito", disse.

Antes do jogo contra Cincinnati, o último com dancinha, JuJu ainda fez uma provocação. "Me mandaram parar de dançar e não ser eu mesmo."

Porém, depois da derrota e da conversa com Tomlin, o wide receiver aceitou mudar sua rotina pré-jogo. "Para o meu próprio bem e dos meus companheiros de equipe, vou parar de dançar nos logos. Não quero ser uma distração para ninguém", disse.

As postagens seguem no perfil de JuJu na rede social e somam mais de 25 milhões de visualizações, mas os seguidores não devem esperar mais provocações por um tempo. Ou até a próxima sequência de vitórias dos Steelers.

Futebol Americano