PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Medvedev vai às oitavas e faz as pazes com a torcida australiana

Reuters
Imagem: Reuters
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

22/01/2022 04h39

No US Open do ano passado, Daniil Medvedev vencia o holandês Botic Van de Zandschulp confortavelmente por 6/3 e 6/0 até que vacilou na terceira parcial e quase foi levado ao quinto set pelo azarão. Neste sábado, no reencontro do número 2 do mundo com o 57º do ranking, o russo não deu brechas para o oponente. Por 6/4, 6/4 e 6/2, Medvedev confirmou seu favoritismo e avançou às oitavas de final do Australian Open.

Após a vitória, Medvedev saiu de quadra "de bem" com a torcida australiana, elogiando o público e fazendo as pazes após reclamar intensamente na quinta-feira, quando enfrentou o tenista local Nick Kyrgios e teve de lidar com gritos da torcida até entre o primeiro e o segundo serviços. Ao queixar-se, ainda em quadra, ouviu fortes vaias. Depois, em uma entrevista já fora da Rod Laver Arena, Daniil afirmou que os torcedores que faziam aquilo "provavelmente têm QI baixo."

Na entrevista pós-jogo deste sábado, Medvedev adotou tom apaziguador e distribuiu sorrisos ao falar com o público da Margaret Court Arena, a segunda maior quadra do complexo.

"Eu esperava que vocês fossem pegar mais leve comigo. Vou dizer assim: é mais fácil enfrentar um cara da Holanda do que um cara da Austrália em Melbourne. Acho que toda boa relação precisa ter seus altos e baixos. Acho que é bom. É divertido e real. Tem uma relação rolando", disse ao público. A torcida reagiu bem, riu e aplaudiu o russo, confirmando as palavras do número 2 do mundo.

Campeão do US Open e principal candidato ao título em Melbourne desde que Novak Djokovic foi deportado, Medvedev fica entre os 16 melhores em do torneio pelo quarto ano consecutivo. Ele pode se tornar o primeiro homem da Era Aberta (a partir de 1968) a vencer seu segundo slam de simples no slam imediatamente seguinte ao da primeira conquista.

Seu próximo adversário na Austrália este ano será o vencedor do jogo entre o americano Maxime Cressy (#70) e o australiano Christopher O'Connell (#175).

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis como esta.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.