PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

RG, dia 5: número 1 desiste, campeões atropelam, Roger x Novak mais perto

Getty Images
Imagem: Getty Images
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

03/06/2021 19h16

A segunda rodada do torneio de Roland Garros chegou ao fim nesta quinta-feira, quinto dia da tradicional competição parisiense. Foi mais uma jornada marcada por vitórias de candidatos ao título e nenhuma zebra gigante, mas houve inusitados, como a desistência - por lesão - de Ashleigh Barty, atual número 1 do mundo, e um bate-boca envolvendo Roger Federer e o árbitro de cadeira francês Emmanuel Joseph. Também houve uma vitória brasileira na chave de duplas e atropelos por parte dos atuais campeões. Você confere tudo que rolou de mais legal neste resumão. É só rolar a página!

Barty tenta, mas desiste

Na primeira rodada, já havia ficado evidente: Ashleigh Barty, número 1 do mundo e campeã de Roland Garros em 2019, tinha problemas físicos. A australiana recebeu atendimento médico em quadra e, diante dos jornalistas, admitiu a lesão e disse que tentaria competir da melhor maneira que conseguisse. Nesta quinta-feira, ficou claro que seu melhor estava muito aquém do necessário. Barty venceu apenas três games diante da polonesa Magda Linette e abandonou a partida no segundo set. O placar mostrava 6/1 e 2/2 para Linette no momento da desistência.

A saída de Barty abre as portas para um nome inesperado avançar bastante em Roland Garros. Na terceira rodada, Linette vai enfrentar a tunisiana Ons Jabeur, 26ª do ranking. Quem vencer esse jogo, por sua vez, vai enfrentar quem avançar da seção que tem Cori Gauff, Qiang Wang, Fiona Ferro e Jennifer Brady. Uma delas vai estar nas quartas de final do torneio.

A ausência de Ash na chave também é boa para Elina Svitolina, favorita para encontrar a australiana nas quartas, e para Iga Swiatek, atual campeã do torneio e que poderia enfrentar Barty nas semifinais. Barty venceu seus últimos jogos contra Svitolina e Swiatek.

Campeões que atropelaram

O dia também foi marcado por dois massacres aplicados pelos atuais campeões de simples de Roland Garros. Iga Swiatek, na Quadra Simonne-Mathieu, passou por cima da sueca Rebecca Peterson. Em apenas 1h01min, a polonesa de 20 anos fez 6/1 e 6/1. Em quatro sets disputados até agora, Swiatek cedeu apenas sete games. Sua próxima adversária será a estoniana Annet Kontaveit, cabeça de chave número 30.

Mais tarde, na sessão noturna e no dia de seu 35º aniversário, Rafael Nadal deu poucas chances ao freguês Richard Gasquet. Usando seu poderoso forehand com bolas altas e cruzadas para anular o backhand do francês, Rafa dominou o duelo e fez 6/0, 7/5 e 6/2. Foi a 17ª vitória de Nadal em 17 encontros com Gasquet, que é seu rival desde os tempos de juvenil.

Uma coincidência interessante: o pneu (6/0) aplicado por Nadal no primeiro set foi o segundo obtido por um campeão de Roland Garros no dia de seu aniversário nesta edição do torneio. Quando fez sua estreia, justamente na data de seu 20º aniversário, Iga Swiatek fez 6/0 no primeiro set contra a eslovena Kaja Juvan. Hoje foi a vez de Nadal.

Djokovic x Federer mais próximo

Quando a chave masculina foi divulgada, a grande notícia era a presença de Djokovic, Nadal e Federer na mesma metade. Isso significa que Nole e Roger podem se enfrentar nas quartas de final, e ambos deram mais um passo para confirmar esse duelo. Novak Djokovic, atuando na Quadra Suzanne Lenglen, bateu Pablo Cuevas em uma partida com muitas trocas de bola, mas poucos sustos para o favorito. Nole fez 6/3, 6/2 e 6/4, sem ter seu triunfo ameaçado, e agora vai enfrentar na terceira fase o lituano Ricardas Berankis (#93).

Enquanto isso, na Chatrier, Roger Federer mostrou seu lado pilhado em um acalorado bate-boca com o árbitro de cadeira após ser punido com uma violação de tempo (o suíço demorou a se posicionar para a devolução de saque). Mesmo depois disso e de perder o segundo set para o croata Marin Cilic (#47), Roger avançou por 6/2, 2/6, 7/6(4) e 6/2. Na sequência, valendo vaga nas oitavas, Federer vai enfrentar o lituano Ricardas Berankis (#93).

Cabeças que rolaram

A quinta-feira teve alguns resultados intrigantes. Mesmo sem nenhum grande candidato ao título eliminado, alguns cabeças de chave que corriam por fora deram adeus. Na chave feminina, a queda mais destacada fica por conta de Karolina Pliskova, #10 e vice-campeã do WTA 1000 de Roma. A tcheca foi superada pela americana Sloane Stephens, que foi mais sólida e sempre pressionou o serviço da rival até fazer 7/5 e 6/1.

Entre os homens, a grande zebra do dia foi a eliminação de Aslan Karatsev, russo que derrotou Novak Djokovic no saibro do ATP de Belgrado. Nesta quinta, ele tombou em em quatro sets diante do veterano Philip Kohlschreiber, de 37 anos. O sempre perigoso alemão fez 6/3, 7/6(4), 4/6 e 6/1 e avançou para enfrentar o argentino Diego Schwartzman por uma vaga nas oitavas.

Outro resultado que vale destaque é a derrota do georgiano Nikoloz Basilashvili, #31, que perdeu para o jovem espanhol Carlos Alcaraz (#97), de 18 anos: 6/4, 6/2 e 6/4. Com o triunfo, o adolescente se tornou o homem mais jovem a alcançar a terceira rodada de Roland Garros desde Andrei Medvedev, em 1992, com 17 anos. Alcaraz também é o mais jovem a passar à terceira fase de um slam desde Rafael Nadal, que também tinha 17 quando disputou o Australian Open de 2004.

Bruno nas oitavas

O último remanescente brasileiro em Paris teve um bom dia. Ao lado de Jamie Murray, o mineiro Bruno Soares derrotou a parceria formada pelo austríaco Oliver Marach e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi: 7/5 e 6/1. O triunfo coloca o time nas oitavas de final, à espera do jogo entre os cabeças 9, Krawietz e Tecau, e os asiáticos Lu e Nishioka. Soares é atual vice-campeão do torneio e tem 600 pontos a defender em Paris.

O que vem por aí

A sexta-feira marca o começo da terceira rodada de Roland Garros, e a programação da Quadra Philippe Chatrier está interessante. Primeiro, às 12h locais (7h de Brasília), Victoria Azarenka enfrenta a americana Madison Keys. Em seguida, Alexander Zverev duela com o sérvio Laslo Djere. O último jogo da sessão diurna tem duas americanas: a veteraníssima Serena Williams e Danielle Collins. Por fim, à noite, quem entre em quadra é Stefanos Tsitsipas, que vai encarar o americano John Isner.

Os direitos de transmissão pertencem a SporTV e Bandsports. Veja a programação completa aqui.

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.