PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Posse de Bola


Gabigol é hoje o maior ídolo nacional . Alguém discorda?

Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi

Dar continuidade, atualizar e incrementar o "Posse de Bola" com informações quentes e análises ao longo da semana -- com a chancela da dupla que criou o Podcast, trabalhou junta desde os primórdios no Notícias Populares, passando pela ESPN, e hoje tem um canal no Youtube.

23/02/2020 13h23

Mais que o golaço que definiu a conquista da Taça Guanabara. Muito mais. O fato marcante do sábado no Maracanã, envolvendo Gabigol, foi a tietagem dos meninos do Boavista nos vestiários ao jogador que faz gols como quem brinca.

Gabigol não é apenas o maior finalizador do futebol brasileiro. Não é apenas também o grande nome do time mais popular do país. Não é apenas aquele que inspira cartazes, comemorações, sósias... Gabigol extrapolou as fronteiras gigantes do Flamengo e de sua apaixonada torcida.

Que cena espetacular! ??#MengoBloco #MaisUmaPraConta

Uma publicação compartilhada por Flamengo (@flamengo) em

Gabigol cativa também mascotes dos rivais (não foi assim com meninos gremistas?). Ele tornou-se o ídolo de uma geração, o maior ídolo nacional - num país que vive uma fase trágica em termos de "modelos".

Ele não abandonou a marra, ainda leva muitos cartões, mas, bem comandado pelo Mister Jorge Jesus, conseguiu deixar tudo isso em segundo plano. As pessoas começaram a "relevar" os deslizes de Gabigol. Ele se reinventou.

É inevitável pensar em Neymar, que, por sinal, tem uma trajetória muito parecida com a de seu ex-colega de Santos. Neymar, o ídolo da geração anterior, foi tendo a imagem desgastada, por suas atitudes dentro e fora de campo, pela distância também... Passou a ser tão odiado como amado. Se tivesse voltado ao Brasil para jogar no Flamengo seria assim?

Pouco provável... (Por Arnaldo Ribeiro)

Posse de Bola