PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Milton Neves

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Morre Haroldo Fernandes, o "Homem da camisa 10' da Rádio Tupi

Haroldo Fernandes em novembro de 2021 -  Carlos Alberto Spina
Haroldo Fernandes em novembro de 2021 Imagem: Carlos Alberto Spina
Conteúdo exclusivo para assinantes
Milton Neves

Milton Neves é jornalista profissional diplomado, publicitário, empresário, apresentador esportivo de rádio e TV, pioneiro em site esportivo no Brasil, 1º âncora esportivo de mídia eletrônica do país, palestrante gratuito de Faculdades e Universidades, escrivão de polícia aposentado em classe especial, pecuarista, cafeicultor e é empresário também no ramo imobiliário.

11/01/2022 12h27

"Quem ganhou, ganhou, quem não ganhou não ganha mais!"

Ah, como tanto ouvi isso nos anos 60!

Este foi um bordão consagradíssimo pela Equipe 1040 da Rádio Tupi de São Paulo na voz do inesquecível Haroldo Fernandes, "o Homem da camisa 10", que nos deixou ontem, aos 91 anos de idade - iria fazer aniversário em 20 de julho.

Ele estava com sua saúde abalada e, de acordo com seu querido filho Nestor Fernandes, a morte se deu por causas naturais.

Que tristeza.

Seu bordão famoso era algo do dia a dia, tão badalado quanto os atuais "simples assim", "pergunta lá no Posto Ipiranga", "tomou Doril a dor sumiu", "51, uma boa ideia" e por aí vai...

Aquilo representava o "tiro de misericórdia" para o torcedor que não queria o fim do jogo e o alívio para quem estava ganhando apertado.

Haroldo Fernandes e Fiori Gigliotti foram os nomes mais importantes da minha infância/juventude como ouvinte de rádio.

Agora, certamente, ambos estarão juntos no céu, narrando os gols de Garrincha, Didi e Coutinho, entre outros...

Obrigado, meus narradores queridos, vocês moram no meu coração!

CLIQUE AQUI E OUÇA A ENTREVISTA QUE FIZ COM HAROLDO FERNANDES NO DOMINGO ESPORTIVO DA RÁDIO BANDEIRANTES EM 5 DE NOVEMBRO DE 2017

Haroldo Fernades Biagioni

Em 1971, os quatro principais narradores da Equipe 1040 da Rádio Tupi. Da esquerda para a direita: José Carlos Cicarelli, Haroldo Fernandes (o Homem da Camisa 10), Wilson de Freitas e Alfredo Orlando. Foto: arquivo pessoal de José Carlos Cicarelli

À frente na foto, Sérgio Baklanos está à esquerda, conversando com Haroldo Fernandes. Depois de Baklanos está Antonio Eurico. Marco Antonio é o quarto, de camisa branca e em seguida Darley Basílio. À direita, sorrindo, está José Ribeiro e depois, parcialmente encoberto, Manoel Ramos. Ao fundo, à direita, de terno escuro está Milton Camargo. Na outra ponta, à esquerda, está Walter Abrahão (somente com a testa visível). Na mesa à esquerda, atrás de Marco Antonio quem aparece é Ávila Machado, com grandes costeletas. Foto: arquivo pessoal de Benedito Marcantonio

Equipe Tupi das Associadas, em 1962, para a cobertura da Copa do Chile: o terceiro é Haroldo Fernandes, o quinto é Luis Noriega e o sexto é Milton Camargo.

Em 1962, durante a Copa do Chile, Walter Abrahão, Luiz Noriega, Milton Camargo (de boné) e Haroldo Fernandes (de cabelo escovinha) entrevistaram o célebre Di Stéfano, que não disputou o Mundial por causa de uma lesão

Esta belíssima e rara foto foi tirada durante festa de final de ano da Aceesp. Mostra a mesa da equipe 1040 da Rádio Tupi, embora Mauro Pinheiro, o primeiro à esquerda, fizesse parte da equipe da Rádio Bandeirantes. Na cabeceira, de costas, está Milton Camargo. A partir de Mauro Pinheiro temos José Goes, Walter Fonseca, Paulo Edson, Manoel Ramos, Lucas Neto, Vitor Moran, Alfredo Orlando e Jorge de Souza, lá no fundo; À direita, de óculos, você vê o grande Haroldo Fernandes. E, olhando para a câmera, Wilson de Freitas

A equipe 1040 da Rádio Tupi fez 13 pontos no teste 44 da Loteca em junho de 71. Um dos 13 jogos foi Corinthians 1x0 São Paulo, gol de Aladim. Um diretor e uma funcionária da Caixa Econômica Federal participaram da entrega do prêmio aos jornalistas Vitor Moran (o segundo) e Haroldo Fernandes (de paletó xadrez).

Esta placa foi oferecida pela maravilhosa e inesquecível equipe 1040 da rádio Tupi a Pelé por ocasião da marcação de seu 1040º na carreira. O feito se deu em 1970 na partida em que o Santos venceu o Grêmio por 2 a 0 no estádio do Ypiranga de Erechim. A placa foi colocada na entrada das sociais do clube do interior gaúcho

Esta é a bola com a qual Pelé fez o seu gol de número 1040, em Erechim (RS). O fato foi muito badalado à época porque 1040 era o prefixo da Rádio Tupi AM, então uma das líderes do rádio esportivo de São Paulo ao lado da Bandeirantes AM 840.

Acima, a famosa equipe 1040 da Rádio Tupi. EM PÉ: Mário Moraes, Joseval Peixoto e Milton Camargo. AGACHADOS: Haroldo Fernandes, Geraldo Blota e Lucas Neto

Confira a saudosa e inesquecível equipe 1040 da Rádio Tupi de São Paulo. Da esquerda para a direita, na primeira fila em pé: Milton Camargo, Antonio Rangel, Osvaldo MEsquita, Manoel Ramos e Francisco Natal. Em pé, na segunda fileira: Alfredo Orlando, Wilson de Freitas, Marco Antonio, Lucas Neto, Ávila Machado e Haroldo Fernandes. Agachados: Vitor Moran, José Ribeiro, José Roberto Ramos e José Goes

E aqui estão, em foto de 1984, profissionais que jamais serão esquecidos por quem gosta de futebol e do rádio esportivo. Estes homens fizeram a Equipe 1040 da Rádio Tupi-AM e jamais sairão da história do rádio. Em pé: José Goes (já falecido), um operador técnico interno da época, Lucas Neto, Ávila Machado (já falecido). Ao fundo: Luís Noriega, Zezinho (do departamento financeiro), Haroldo Fernandes, Milton Camargo e Geraldo Tassinari. Agachados: Arnaldo Gaeta (histórico operador de sons), Dr. Wilson de Freitas, Victor Moran (trabalha no rádio esportivo de Santos) e Vicente Lopes, ex-jogador a Mogiana de Campinas em 1948 e que hoje está aposentado com Delegado de Polícia. A foto foi tirada no casamento da filha de Milton Camargo, então chefe da equipe 1.040 da Rádio Tupi. Ah, esse time era nota 1.040!

Veja acima a famosa equipe 1040. Em pé, da esquerda para a direita: Alfredo Orlando, Wilson de Freitas, Milton Camargo, Paulo Edson, Manoel Ramos e Antonio Euryco. Sentados: Lucas Neto, José Roberto Ramos, José Goes, Marco Antonio, José Carlos Cicarelli, Ávila Machado, Vitor Moran e Haroldo Fernandes

Dois momentos de Haroldo Fernandes

Haroldo Fernandes e Carlos Alberto Spina (ex-Matsubara) em novembro de 2019, em São Paulo. Foto: arquivo pessoal de Carlos Alberto Spina

Rádio Tupi, presente em muitos estádios brasileiros

Cartaz anuncia cobertura esportiva da Rádio Tupi com a narração de Haroldo Fernandes

Haroldo Fernandes e Doalcei Camargo, atrações da Super Rádio Tupi nos anos 60. Foto: Reprodução

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado, o gol 1040 de Pelé foi contra o Grêmio, e não contra a seleção formada por jogadores do Ypiranga e do Atlântico. Haroldo Fernandes morreu aos 91 anos, não aos 92 anos. Os erros foram corrigidos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL