Milly Lacombe

Milly Lacombe

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
OpiniãoEsporte

Abel fica: medo e delírio em São Paulo

Abel Ferreira disse a Leila Pereira que vai cumprir o contrato. O contrato vigente vai até o final de 2024.

Medo e delírio na capital estadual.

O medo dos rivais, esta colunista incluída, é de que ainda mais será conquistado e eternizado.

O delírio que podemos escutar por todos os lados é dos Palmeirenses que agora sabem que seu ídolo ficará.

Vai ser interessante ver como o Palmeiras de 2024 se reestruturará, como as várias queixas de Abel serão apreendidas pela direção e como ele conseguirá, dentro de um calendário alucinante, achar tempo para descansar em família.

Um salve a Leila Pereira, alvo de tantas críticas, que, a despeito de seus cacoetes autoritários (que não são exclusividade dela no comando de um time), manteve Abel.

E um brinde ao excelente podcast "Medo e Delírio em Brasília", que me inspirou para pensar no título do texto.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes