PUBLICIDADE
Topo

Lei em Campo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Com pressão de atletas, Federação Nacional irá fazer auditoria

Lei em Campo

Andrei Kampff é jornalista formado pela PUC-RS e advogado pela UFRGS-RS. Pós graduado e mestrando em Direito Desportivo, é conselheiro do Instituto Ibero Americano de Direito Desportivo e criador do portal Lei em Campo. Trabalha com esporte há 25 anos, tendo participado dos principais eventos esportivos do mundo e viajado por 32 países atrás de histórias espetaculares. É autor do livro "#Prass38".

26/02/2021 09h40

Por Gabriel Coccetrone

O cenário atual de exigência de melhor governança nas entidades esportivas e de pressão por transparência trouxe mais um resultado importante. A Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FENAPAF) assinou nesta quinta-feira (25) um contrato com a Grant Thornton, sexta maior organização contábil e de consultoria dos Estados Unidos, para uma completa auditoria em todos os números da entidade nos últimos cinco anos. A previsão é que os primeiros resultados saiam entre três a quatro meses.

"A contratação da auditoria é fundamental para que os jogadores saibam que as finanças da entidade não têm qualquer outra finalidade que não seja beneficiar legalmente a própria categoria de jogadores", afirma Washington Mascarenhas, diretor financeiro da FENAPAF.

Diferentemente do que acontece na maioria dos clubes do futebol brasileiro, a FENAPAF não passou por mudanças administrativas. Movimentos como esse geralmente acontecem quando há mudanças de grupos políticos ou troca de mandatos.

Segundo apurou o Lei em Campo, o fator preponderante para a FENAPAF assinar esse acordo foi um pedido unânime dos jogadores de futebol no Brasil, tanto masculino quanto feminino, para evitar que casos de desvios, como aconteceu no Rio Grande do Sul em 2020, se repitam. O objetivo dos atletas é que outros sindicatos do Brasil sigam esse mesmo caminho.

"Sem dúvidas, esta notícia é muito bem-vinda no esporte nacional e esperamos que seja um motivador para outras entidades e clubes. A contratação de uma das maiores empresas de auditoria do mundo é um indicativo de que há um compromisso efetivo da FENAPAF com a realização de um trabalho isento e independente. Vale destacar que trabalhos de auditoria olham para o passado dos registros da instituição. Esperamos que a Federação também esteja comprometida com medidas de prevenção visando o seu futuro", ressaltou Rodrigo Carril, advogado especialista em compliance.

Para Felipe Augusto Leite, presidente da FENAPAF, a iniciativa vem para dar transparência aos atos da entidade: "Estamos construindo uma FENAPAF que tenha credibilidade com os atletas, governo, outras entidades esportivas e a mídia. Não sou e não serei conivente com qualquer ato que desabone esse pilar de transparência na entidade", declarou.

"Sem dúvidas, esta notícia é muito bem-vinda no esporte nacional e esperamos que seja um motivador para outras entidades e clubes. A contratação de uma das maiores empresas de auditoria do mundo é um indicativo de que há um compromisso efetivo da FENAPAF com a realização de um trabalho isento e independente. Vale destacar que trabalhos de auditoria olham para o passado dos registros da instituição. Esperamos que a Federação também esteja comprometida com medidas de prevenção visando o seu futuro".

A Grant Thornton é considerada uma das maiores agências globais de auditoria, tributos e consultoria do mundo, atuando em mais de 140 países diferentes.

O acordo poderá ser o primeiro passo de uma grande parceria, uma vez que um segundo contrato está em pauta, desta vez para acompanhar os atos presentes e futuros da entidade. Vale lembrar que, também como pedido dos atletas, ex-jogadores e também alguns ainda em atividade, como Fernando Prass (goleiro do Ceará), Hudson (volante do Fluminense) e o ex-goleiro Márcio, com marcantes passagens por grandes clubes de Goiás, já fazem parte do novo conselho fiscal da FENAPAF, com mandato iniciado agora em 2021.

Nos siga nas redes sociais: @leiemcampo