PUBLICIDADE
Topo

Julio Gomes

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Portugal e Espanha em perigo; veja as contas de cada seleção na Eurocopa

Portugal x Alemanha, pela Eurocopa 2021 - Kai Pfaffenbach - Pool/Getty Images
Portugal x Alemanha, pela Eurocopa 2021 Imagem: Kai Pfaffenbach - Pool/Getty Images
Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

19/06/2021 22h23

Após duas rodadas da fase de grupos realizadas, são poucas as certezas na Eurocopa - pois, além dos dois primeiros de cada grupo, ainda se classificarão para as oitavas de final os quatro melhores terceiros colocados. A última rodada começa neste domingo, com o fechamento do grupo A (Itália x País de Gales e Suíça x Turquia, ambos às 13h, de Brasília).

Entre as seleções consideradas favoritas, as que estão em situação mais delicada são Portugal, Espanha e, ainda, a Alemanha. A Espanha tem somente 2 pontos, mas enfrenta a Eslováquia na última rodada e basta uma vitória. A Alemanha, depois de fazer 4 a 2 em Portugal, enfrenta a Hungria e um empate deve ser suficiente. Portugal, com 3 pontos, também passa com um empate na última rodada. Por que, então, tem a situação mais delicada? Porque enfrenta a França - que não é nenhuma Eslováquia ou Hungria.

Se perder para a França, Portugal dependerá de outros resultados para se classificar como terceiro colocado. O lado bom é que este jogo será só na quarta-feira, fechando a fase de grupos, e os portugueses já entrarão em campo sabendo se precisarão de pelo menos um empate ou se poderão se classificar mesmo perdendo.

O que sabemos antes do início da terceira rodada? Sabemos que a Holanda será a primeira colocada do grupo C e jogará as oitavas em Budapeste, contra algum terceiro colocado, no dia 27 de junho. Sabemos também que Itália e Bélgica estão classificadas, mas ainda sem posição definida. São as três seleções que ganharam seus dois jogos até agora. A única seleção que chega eliminada à última rodada é a Macedônia do Norte, que não pode mais nem ser terceira de seu grupo.

É importante frisar que, nas competições da Uefa, o confronto direto é o primeiro critério de desempate, e não o saldo de gols. No grupo C, a Holanda bateu Ucrânia e Áustria, que bateram a Macedônia. Portanto, mesmo que a Macedônia vença a Holanda e haja um vencedor na partida entre austríacos e ucranianos, os empates em pontos seriam resolvidos com confrontos diretos que já ocorreram.

Sobre os terceiros colocados: sabemos que um time que termine em terceiro lugar com 4 pontos e saldo de gols de +1 estará classificado. Mas é altamente improvável que um time que faça 4 pontos não entre, independente do saldo. Pode ser que todos os grupos tenham terceiros com 4 ou mais pontos? Pode. Mas, repito, é improvável. Possivelmente três ou quatro grupos acabem com esta situação.

Quem acabar em terceiro com 2 pontos, por outro lado, não irá se classificar. Entre os que acabarem com 3 pontos, aí sim o saldo de gols pode ser muito importante. Mas olho: 3 pontos podem não ser suficientes, principalmente se Suíça e Polônia vencerem jogos-chave dos grupos A e E na última rodada.

Seleções que já têm 4 pontos e, portanto, estão virtualmente classificadas para as oitavas, mesmo que percam o último jogo: País de Gales, República Tcheca, Inglaterra, Suécia e França.

Dito tudo isso, vamos ver, grupo a grupo, o que cada um precisa:

GRUPO A

Itália (6 pts, saldo +6) - Classificada. Basta um empate com Gales para ser primeira. Se perder, será segunda;

País de Gales (4 pts, saldo +2) - Está dentro, mas não oficialmente. Se vencer, será primeiro do grupo. Se não vencer, provavelmente será segundo. Se perder da Itália por um gol, está dentro até na matemática, independente de outros resultados;

Suíça (1 pt, saldo -3) - Se vencer a Turquia, deve entrar como terceira colocada - pode até passar Gales e ser segunda. Se houver mais de quatro terceiros com 4 pontos (improvável), aí o saldo pode complicar a Suíça. Se não vencer, está fora;

Turquia (0 pt, saldo -5) - Precisa vencer a Suíça e tentar entrar como terceira com 3 pontos. O grande problema é o saldo de gols. Se não golear, é muito provável que não se classifique mesmo vencendo;

GRUPO B

Bélgica (6 pts, saldo +4) - Está classificada e basta um empate com a Finlândia para ser primeira do grupo. Se perder, ainda pode ser primeira, mas dependeria de uma vitória russa no outro jogo;

Rússia (3 pts, saldo -2) - Se vencer ou empatar com a Dinamarca, deve passar como segunda colocada. Se perder por um gol de diferença, desde que marque pelo menos um gol, pode entrar em terceira caso a Finlândia perca. Se perder por dois ou mais gols, está fora;

Finlândia (3 pts, saldo 0) - Se surpreender o mundo e vencer a Bélgica, pode passar como primeira do grupo. Um empate será suficiente para se classificar. Se perder, deve ficar na terceira posição do grupo e aí, com 3 pontos, vai depender do saldo de gols. Ou seja, é importante não levar uma goleada da Bélgica para manter as esperanças;

Dinamarca (0 pts, saldo -2) - Precisa vencer a Rússia para chegar aos 3 pontos. Se a Finlândia perder, que é o resultado mais provável, a Dinamarca estará classificada em segundo lugar com qualquer vitória sobre a Rússia. Se a Finlândia não perder, aí a Dinamarca ficaria na terceira posição em caso de vitória e dependeria da pontuação dos outros terceiros e do de saldo de gols;

GRUPO C

Holanda (6 pts, saldo +3) - Já garantiu o primeiro lugar do grupo e cumpre tabela contra a Macedônia do Norte;

Ucrânia (3 pts, saldo 0) - Vitória ou empate contra a Áustria classificam a Ucrânia na segunda posição. Se perder, vai depender do saldo para ver se entra entre os terceiros colocados;

Áustria (3 pts, saldo 0) - Com vitória, se classifica em segundo; se empatar, fica em terceiro lugar e vai entrar, pois chegará a 4 pontos. Ou seja, um empate funcionaria bem para ucranianos e austríacos. Se a Áustria perder, vai depender do saldo para ver se consegue a vaga entre os terceiros colocados;

Macedônia do Norte (0 pts, saldo -3) - Já está eliminada;

GRUPO D

Chéquia (4 pts, saldo +2) - Está virtualmente dentro. Enfrenta a Inglaterra e, se vencer ou empatar, passa como primeira do grupo. Se perder, deve entrar em segundo lugar. Pode ser terceira em caso de derrota e de larga vitória croata, mas já tem 4 pontos e entraria do mesmo jeito;

Inglaterra (4 pts, saldo +1) - Se vencer os tchecos, acaba em primeira e segue em Londres nas oitavas. Se empatar, será segunda do grupo. Se perder, deve entrar como segunda. Em caso de derrota, só será terceira caso a Escócia vença a Croácia e passe os ingleses no saldo, mas ainda sim o English Team entraria com os 4 pontos que tem;

Croácia (1 pt, saldo -1) - Só a vitória interessa para a vice-campeã do mundo. Se derrotar a Escócia, deve entrar como uma das melhores terceiras colocadas. Pode ser segunda do grupo se vencer, a Inglaterra também, e passar a Chéquia no saldo;

Escócia (1 pt, saldo -2) - Precisa vencer a Croácia para chegar a 4 pontos e entrar, seja em segundo (dependeria de derrota inglesa e ultrapassagem no saldo), ou, o mais provável, em terceiro lugar;

GRUPO E

Suécia (4 pts, saldo +1) - Está virtualmente dentro por já ter 4 pontos. Se perder da Polônia, é muito provável que acabe na terceira posição do grupo. Se vencer, será primeira. Se empatar, pode ser primeira, mas deverá passar como segunda;

Eslováquia (3 pts, saldo 0) - Se vencer a Espanha, passa como primeira ou segunda. Se empatar, deve entrar na segunda posição. Se perder para a Espanha, terá de torcer para a Polônia não bater a Suécia e aí, com 3 pontos, tentar entrar como uma das terceiras colocadas. Se perder, é importante perder de pouco;

Espanha (2 pts, saldo 0) - Se vencer a Eslováquia, está dentro. Será primeira em caso de tropeço sueco ou será segunda. Se empatar, terá de torcer para a Polônia não bater a Suécia e aí, com 3 pontos e saldo zero, tentar entrar como uma das terceiras colocadas;

Polônia (1 pt, saldo -1) - O time de Lewandowski entra com uma vitória sobre a Suécia - se não vencer, está fora. Se vencer, será, no mínimo, segunda do grupo e pode ser primeira em caso de empate no outro jogo, o da Espanha;

GRUPO F

França (4 pts, saldo 1) - Está virtualmente dentro. Se vencer Portugal, será primeira no grupo da morte. Se empatar, entra em primeiro em caso de tropeço da Alemanha ou em segundo caso os alemães vençam o outro jogo. Se perder de Portugal, a França ainda será segunda caso a Alemanha não vença ou será terceira caso os alemães ganhem da Hungria. Em terceiro, com 4 pontos, vai passar;

Alemanha (3 pts, saldo 1) - Se vencer a Hungria, passa em primeiro ou, caso a França vença, em segundo. Se empatar, fica em segundo ou, caso Portugal vença, em terceiro. Se perder, a Alemanha ainda poderia entrar na terceira posição com 3 pontos, caso Portugal perca da França - dependeria também do saldo de gols e da sorte;

Portugal (3 pts, saldo 1) - Se vencer a França, passa em segundo ou até primeiro - caso a Alemanha tropece. Se empatar, deve passar como terceiro lugar pelos 4 pontos ganhos, mas pode ser segundo, caso a Alemanha perca. Se perder, terá de torcer para a Alemanha não perder da Hungria e aí, com 3 pontos, avançar pelo saldo entre os terceiros colocados;

Hungria (1 pt, saldo -3) - Precisa vencer a Alemanha para entrar como uma das terceiras colocadas com 4 pontos. Ainda pode ser segunda, caso vença e Portugal perca da França.