PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Julio Gomes


Jardel lidera top 5 de brasileiros mais importantes no futebol de Portugal

Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

19/04/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Muita gente jogou muita bola e foi importante no futebol português
  • Brasileiros foram protagonistas em momentos históricos dos três grandes
  • Jardel, goleador no Porto e no Sporting, é o número 1

Nenhum país da Europa recebe tantos brasileiros quanto Portugal. No futebol, não é diferente. Nossos jogadores se misturam com a rica história do futebol português. Um futebol que foi tão forte quanto qualquer outro, com feitos europeus tanto de Benfica quanto do Porto, e que soube ser o melhor em capitalizar nesta era global o "compra barato, vende caro", especialmente com a matéria prima brasileira.

Em Portugal, alguns treinadores brasileiros tiveram relevância, o que para mim deixa claro que o idioma é, sim, impeditivo para esta classe fazer algum tipo de barulho no alto nível europeu. Otto Glória, sem dúvida, é o brasileiro mais importante na história do futebol português, mas esta lista é de quem jogou, não de quem treinou.

São muitos os brasileiros que atuaram bem na Liga portuguesa, o que dificulta bastante na hora de organizar um top 5 dos mais importantes. Muita gente triunfou!

Valdo, Mozer e Ricardo Gomes, meia e zagueiros de seleção brasileira, jogaram juntos e foram campeões com os encarnados, assim como David Luiz. Valdo, que bateu na trave na lista francesa, quaaase entrou na lista portuguesa também. O Porto teve Helton no gol por um longo período, teve Hulk aparecendo do nada para furar redes país afora, teve Juary, um "menino da Vila", fazendo o gol do primeiro título europeu, em 87.

André Cruz e César Prates foram peças importantes para os últimos títulos do Sporting, em 2000 e 2002, Liédson chegou ao clube mais tarde para ser artilheiro no país, fazer quase 200 gols para os Leões e virar titular da seleção portuguesa. O desconhecido Duda veio do Corinthians alagoano para brilhar em Portugal e fazer parte do único time do Boavista capaz de ser campeão em cima dos três grandes, em 2001.

Enfim, são muitos os que poderiam estar na lista abaixo, depende do gosto do freguês. Mas meu top 5 de brasileiros mais importantes no futebol de Portugal ficou assim:

Top5 Portugal Jonas - PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP - PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP
Imagem: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

5- JONAS

Que tal jogar cinco campeonatos, ganhar quatro, ser duas vezes artilheiro e outras duas vezes eleito o melhor jogador da temporada. Foi "só" isso que Jonas fez em cinco temporadas no Benfica, até se aposentar, no ano passado. Brasileiro que mais fez gols com a camisa do clube, segundo colocado na lista entre os estrangeiros, Jonas surpreendeu até o mais otimista torcedor encarnado. Ninguém esperava tanto quando ele chegou, em 2014, após ficar sem contrato no Valencia. Sei que muita gente vai reclamar das ausências de Valdo, Mozer ou Ricardo Gomes, mas não tem como deixar Jonas fora desse top 5.

Top 5 Portugal Aloisio - Jon Buckle/EMPICS via Getty Images - Jon Buckle/EMPICS via Getty Images
Imagem: Jon Buckle/EMPICS via Getty Images

4- ALOÍSIO

Pouco lembrado na seleção brasileira, Aloísio foi um zagueiraço. Tricampeão gaúcho e vice brasileiro em 87 com o Inter, medalhista de prata nos Jogos de Seúl-88, Aloísio foi parar no Barcelona. Jogou duas temporadas, foi campeão da Recopa europeia e da Copa do Rei e desembarcou no Porto em 1990, onde atuou por 11 temporadas e fez história. Foi sete vezes campeão nacional, sendo o jogador que mais vezes atuou no único pentacampeonato da história do país (95 a 99). Zagueiro de muita classe, forte na marcação e no jogo aéreo, ele é chamado de "muralha" em Portugal e faz parte de qualquer time ideal da história do Porto que se monte por aí.

Top5 Portugal Luisão - Gualter Fatia/Getty Images - Gualter Fatia/Getty Images
Imagem: Gualter Fatia/Getty Images

3- LUISÃO

Entre tantos zagueiros de respeito que vestiram a "camisola" do Benfica, fico com Luisão, dono de muitos recordes. Foram mais de 500 jogos pelo clube e ele é quem mais fez partidas internacionais (127), mais vezes entrou em campo como capitão (414) e mais títulos conquistou (20). A primeira das seis ligas vencidas por Luisão (2005) representou o fim de uma fila de 11 anos sem títulos, o maior jejum vivido pelo Benfica. Depois, entre 14 e 17, veio o primeiro tetracampeonato da história. Alto, firme, limpo, Luisão foi um zagueiro de segurança durante 15 anos para o Benfica.

Top 5 Portugal Deco - Tony Marshall/EMPICS via Getty Images - Tony Marshall/EMPICS via Getty Images
Imagem: Tony Marshall/EMPICS via Getty Images

2- DECO

Deco não teve, no Porto, a mesma longevidade de Luisão ou Aloísio, logo abaixo dele no top 5. Mas a bola que jogou e o feito máximo mandam o meia lá para o alto da lista. Deco foi o grande cérebro do Porto de Mourinho, campeão da Champions League em 2004 - o último campeão realmente improvável da maior competição de clubes do mundo. Desprezado por Corinthians e Benfica, foi no Porto que ele se encontrou. Desprezado por Parreira, foi chamado por Felipão para a seleção portuguesa e virou titular na Euro-2004, mandando Rui Costa para o banco. Portugal acabou perdendo a final em casa, mas Deco partiu para voos mais altos e foi ganhar a Europa de novo, com o Barcelona. Além de muito inteligente em campo, Deco era um guerreiro, raçudo e um líder que não se acanhava para gritar até com os veteranos. Um craque.

Top5 Portugal Jardel - Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images - Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images
Imagem: Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images

1- JARDEL

Grandão, desajeitado, meio caneleiro, meio maluco. Ninguém dava nada para Mário Jardel. Mas como o rapaz metia gols. Chegou em 96 ao Porto e foi simplesmente três vezes artilheiro. Não só de Portugal, mas da Europa! Participou de três dos cinco títulos do inédito pentacampeonato do Porto e acabou sendo comprado por 28 milhões de dólares pelo Galatasaray. Apesar de seguir fazendo gols na Turquia, acabou voltando, mas para o Sporting. E este é o fator fundamental para ele aparecer em primeiro lugar, como o jogador brasileiro mais importante da história de Portugal. Porque fazer gols em um time certinho do Porto, vá lá, pode ser considerado fácil. Mas Jardel meteu também 42 gols em 30 jogos no campeonato 01/02, dando o último título conquistado pelo Sporting. Artilheiro é artilheiro e vice-versa. Certo, Jardel?

Obrigado especial aos amigos Francisco Caldeira, Sérgio Krithinas e Ubiratan Leal, que me ajudaram a pensar e montar essa lista.

Julio Gomes