PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Bala na Cesta


Não é só no futebol - Flamengo pode voltar à final continental após 6 anos

Olivinha - Leandro Gómez/Instituto
Olivinha Imagem: Leandro Gómez/Instituto
Fábio Balassiano

Por aqui você verá a análise crítica sobre tudo o que acontece no basquete mundial (NBB, NBA, seleções, Euroliga e feminino), entrevistas, vídeos, bate-papo e muito mais.

12/03/2020 05h04

Apesar de todos os acontecimentos ao redor do mundo envolvendo o coronavírus hoje pode ser um dia bastante especial para o basquete do Flamengo (Nota do Blogueiro: até o momento, às 08h30, a partida ainda está de pé).

Após seis anos o clube rubro-negro pode voltar a se classificar para uma final continental. Depois de vencer o Instituto, de Córdoba, na Argentina por 63-54 com 20 pontos do cestinha Olivinha no primeiro jogo da semifinal da Champions League Americas os comandados de Gustavo de Conti voltam a quadra nesta quinta-feira no Maracanazinho (19h30, transmissão DAZN) para tentar fechar o confronto.

Quem vencer do confronto entre Fla e Instituto pega o vencedor de Quimsa e San Lorenzo (vitória do Quimsa no jogo 1 por 91-84 fora de casa na mesma segunda-feira). Em caso de vitória argentina, o terceiro e decisivo duelo será no sábado, no mesmo ginásio. Abaixo os melhores momentos da partida de segunda-feira:

Campeão da Liga das Américas em 2014 após vencer o Pinheiros no mesmo Maracanazinho contra o Pinheiros por 85-78 para se sagrar vencedor da principal competição do continente pela primeira e até então única vez, o Flamengo bateu na trave em 2015 e 2016, quando chegou às finais, mas não conseguiu vencer (em 2015 Bauru ganhou e no ano seguinte, o venezuelano Guaros de Lara).

Atual vencedor do NBB, o rubro-negro quer fazer a dobradinha com o futebol, campeão da Copa Libertadores em 2019. Dos campeões continentais (e também mundiais no mesmo 2014) de seis anos atrás, Olivinha e Marquinhos são os únicos que permanecem no elenco.

Bala na Cesta