Topo

Basquete


Janeth Arcain entra para Hall da Fama do basquete em cerimônia na China

Janeth recebe homenagem da FIBA e entra para Hall da Fama do basquete - Divulgação
Janeth recebe homenagem da FIBA e entra para Hall da Fama do basquete Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Do UOL, em São Paulo

30/08/2019 12h58

Janeth Arcain é o mais novo nome brasileiro a compor o Hall da Fama do basquete. A ex-jogadora, de 50 anos de idade, recebeu hoje, em Pequim (China), a honra concedida pela FIBA (Federação Internacional de Basquete).

A paulista foi homenageada durante a cerimônia de abertura da Copa do Mundo masculina de basquete. Janeth se junta a outros cinco brasileiros que já foram selecionados para o Hall da Fama: Hortência, Magic Paula, Amaury Pasos, Oscar Schmidt e Ubiratan.

A carreira de 24 anos da jogadora foi marcada por realizações: ouro no Pan-americano de Havana 1991, ouro no Mundial da Austrália 1994, prata na Olimpíada de Atlanta 1996, bronze na Olimpíada de Sydney 2000, prata no Pan-Americano do rio em 2007.

A final deste último campeonato marcou também a aposentadoria da jogadora. Janeth é a terceira maior cestinha da seleção, com 2.247 pontos.

A jogadora também atuou pelo Houston Comets, time da prestigiada liga de basquete feminino norte-americana, a WNBA, entre 1997 e 2005. Neste período, levou o time a quatro títulos da liga.

Pelos feitos no Comets, Janeth já havia sido induzida em 2015 a outro Hall da Fama, em Knoxville (EUA), este dedicado exclusivamente ao basquete feminino.

Desde que deixou as quadras, Janeth passou a se dedicar ao instituto que leva seu nome, criado em 2002, e que usa o esporte como ferramenta para ajudar a educação de crianças e adolescentes — o projeto tem base em Santo André (SP).