Topo

Basquete


Técnico acusado de assédio será investigado pela NBA e pelos Kings

25/04/2019 17h30

O técnico Luke Walton, acusado de assédio sexual pela repórter esportiva Kelli Tennant, será investigado pela NBA e pelo Sacramento Kings. O treinador assinou com os Kings há 10 dias, antes do episódio vir à tona.

A franquia anunciou a investigação em conjunto com a liga, hoje, através de um comunicado em seu site oficial. Os Kings contrataram um investigador independente para apurar o caso, enquanto a NBA também terá sua equipe de investigação.

"Os Kings e a NBA levam as alegações muito a sério e vão colaborar para conduzir uma investigação completa e minuciosa", diz a nota.

Em entrevista divulgada pelo site "TMZ Sports", Tennant diz que ficou com medo de ser estuprada por Walton em um quarto de hotel na Califórnia, em 2014. O treinador, na época assistente do Golden State Warriors, teria chamado a repórter para o quarto para discutir sobre um livro que ela planejava escrever. Foi então que o hoje técnico teria jogado a repórter na cama e segurado os braços dela para forçá-la a fazer sexo.

Tennant diz que escondeu a história porque tinha medo de como seria trabalhar após uma denúncia. Assim, ela só veio a público quando se sentiu confortável para falar sobre o caso. A defesa do treinador nega as acusações e afirma que a repórter não passa de uma "oportunista".