PUBLICIDADE
Topo

Kobe Bryant quebra recorde histórico de Michael Jordan e Oeste vence o Jogo das Estrelas

Kobe Bryant encara a marcação de Dwyane Wade durante o Jogo das Estrelas - Jeff Haynes/Reuters
Kobe Bryant encara a marcação de Dwyane Wade durante o Jogo das Estrelas Imagem: Jeff Haynes/Reuters

Do UOL, em São Paulo

27/02/2012 00h22

Neste domingo, o combinado da Conferência Oeste venceu o time do Leste por 152 a 149 no Jogo das Estrelas da NBA, disputado em Orlando. Durante a partida, Kobe Bryant superou Michael Jordan e se tornou o jogador que mais pontuou na história do evento.

EVANS VENCE CONCURSO DE ENTERRADAS

  • Jeff Haynes/EFE

    Em torneio esvaziado, o ala Jeremy Evans, do Utah Jazz, saltou sobre o colega Gordon Hayward e enterrou duas bolas para vencer.

Bryant entrou em quadra com 244 pontos na história da partida festiva, contra 262 de Jordan. Ao marcar 27 no jogo, o ala-armador do Los Angeles Lakers chegou a 271 e deixou para trás o lendário ex-jogador do Chicago Bulls, que atualmente é dono do Charlotte Bobcats.

Vale ressaltar que Bryant começou a partida na quarta colocação na lista. Além de Jordan, ele superou também Kareem Abdul-Jabbar e Oscar Robertson durante o jogo.

A busca de Bryant pelo recorde pareceu motivar os adversários. No terceiro quarto, pouco antes do ala-armador superar Jordan, Dwyane Wade fez falta dura sobre o astro dos Lakers, que chegou a sangrar pelo nariz. Mas ele seguiu no jogo – que foi bem mais disputado e intenso que o Desafio das Estrelas em Ascenção, atração de sexta-feira do Fim de Semana das Estrelas – para alcançar a marca.

O jogo ficou especialmente disputado no quarto período, quando o Leste, que chegou a estar perdendo por 20 pontos, cortou a diferença para apenas um. No fim, Deron Williams ainda teve a chance de virar o jogo, mas errou seu arremesso.

O rebote ficou com LeBron James, que errou o passe e entregou a bola na mão de Blake Griffin. O ala-pivô do Los Angeles Clippers sofreu falta e acertou um de seus lances livres, dando números finais à partida

Apesar do recorde de Kobe, o prêmio de melhor da partida ficou com Kevin Durant. O ala do Oklahoma City Thunder deixou a quadra com 36 pontos e sete rebotes e foi um dos cestinhas da partida ao lado de LeBron James.

Basquete