PUBLICIDADE
Topo

Chico Alves: Proposta do PT mostra que Lula planeja, sim, ir a debates

Colaboração para o UOL

25/05/2022 19h11

O colunista Chico Alves, em participação ao UOL News na noite desta quarta-feira (25), repercutiu a notícia divulgada pelo jornalista Kennedy Alencar de que o Partido dos Trabalhadores (PT) pretende propor aos veículos de comunicação a realização de três debates presidenciais no primeiro turno, num modelo de pool parecido ao adotado nos Estados Unidos.

Para Chico Alves, essa discussão já mostra que, ao contrário do que muitos imaginavam, o ex-presidente Lula, planeja, sim, ir a debates.

Além disso, disse acreditar que quanto mais debates, mais esclarecimentos os candidatos vão poder dar aos eleitores. Por outro lado, observou a grande quantidade de convites que os presidenciáveis recebem. "É muito convite. A campanha política do candidato ficaria praticamente voltada para os debates da TV. Acho isso meio inviável."

De acordo com a reportagem de Kennedy, o petista já foi convidado para 11 debates eleitorais, e os convites tendem a aumentar.

O PT também considera ruim a data do debate da Rede Globo, que acontece sempre na reta final do primeiro e do segundo turnos. O plano, portanto, é apresentar uma proposta com formato que reúna diversos veículos de comunicação, inclusive a Rede Globo.

Ao UOL News, Chico Alves lembrou que a emissora é líder em audiência e questionou se aceitará dividir o programa num pool com outros canais concorrentes.

Outro ponto levantado pelo colunista é o momento em que o debate da Rede Globo é feito. "Qualquer efeito desse debate pode ser irreversível para o candidato, que pode ser surpreendido com uma bomba ou uma mentira", disse.

O colunista lembrou que na campanha eleitoral de 2018 foi, segundo ele, "marcada por mentiras". Ele citou a ida do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Jornal Nacional para falar da suposta distribuição do "kit gay" nas escolas —o que jamais aconteceu.