PUBLICIDADE
Topo

Ciro diz que conversa com 3ª via pode acontecer após saída de Moro

Ciro Gomes (PDT) disse que pode conversar com outros candidatos e partidos da 3ª via - Evaristo Sá/AFP
Ciro Gomes (PDT) disse que pode conversar com outros candidatos e partidos da 3ª via Imagem: Evaristo Sá/AFP

Colaboração para o UOL

18/04/2022 19h58Atualizada em 20/04/2022 13h28

O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) afirmou hoje que já superou restrições de negociação com partidos da terceira via após Sergio Moro, ex-juiz federal, desistir da disputa para presidente da República.

Ele afirmou ter conversado com o partido União Brasil, por exemplo. "Eu tive um jantar 15 dias atrás com a direção do União Brasil, Luciano Bivar e ACM Neto. Eles perguntaram se eu admitia entrar numa dinâmica de conversa com essas outras pessoas. Eu disse a eles que a mim repugnava a ideia de sentar com um inimigo da República como Sergio Moro. Parece que essa questão está vencida, portanto a única restrição que eu fazia está superada aparentemente.", afirmou.

Os partidos de terceira via já foram alvos de críticas de Ciro, principalmente quando apoiavam o atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PL).

Apesar da decisão, o ex-juiz Moro ainda analisa a possibilidade de ser candidato a presidente, e menciona até mesmo um terceiro lugar nas pesquisas, perdendo apenas para Bolsonaro e Lula (PT).

Ainda assim, Ciro Gomes afirmou que as conversas e negociações com o União Brasil e o PSD continuarão até por volta do mês de julho. Perto dessa data, ele acredita que já terá o vice-presidente para sua disputa na corrida eleitoral.