PUBLICIDADE
Topo

Livro de receitas infantil terá renda revertida para oficinas na periferia

Livro "Infância fora do Comum" terá renda revertida para projeto social - Divulgação
Livro 'Infância fora do Comum' terá renda revertida para projeto social Imagem: Divulgação

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

21/12/2020 04h00

Em um ano marcado por pedidos de revisão e defesa do Guia Alimentar para a População Brasileira, falar sobre comida não processada é fundamental. E levá-la para quem não tem acesso a uma alimentação adequada, também.

Para debater assuntos importantes como o papel da alimentação infantil, o Instituto Jardins da Infância está lançando o livro "Infância fora do Comum", produzido por Drica Lobo, Vanessa Silva e Luciana Tokita.

A obra pode ser adquirida no site do Instituto Jardins da Infância a R$ 69 e o valor arrecadado com a venda será redirecionado ao projeto social e à construção de um foodtruck que levará oficinas de gastronomia, arte, sustentabilidade e cidadania para as comunidades de Paraisópolis, Heliópolis, Jardim Ângela e Pinheiros, em São Paulo.

"Com a pandemia vimos muitas famílias construírem histórias importantes ao aprenderem a preparar alimentos feitos em casa", diz Adriana Lobo, diretora do Instituto Jardins de Infância, projeto que teve origem em 2011 ao mapear espaços públicos voltados a atividades infantis e hoje se dedica a temas como infância, educação e sustentabilidade.

Com versões em português, inglês e francês, o livro traz receitas desenvolvidas pelos chefs Vanessa Silva, Luciana Tokita, Alexandre Pernet, Carol Iwai, Gustavo Blanco e Papoula Ribeiro. Entre as opções, criadas com o intuito de desmistificar ingredientes, há ratatouille, massinha com cogumelos e pizza de beterraba.