Topo

Carros elétricos


Ford e Volkswagen unem forças para produção de carros autônomos e elétricos

Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen, e Jim Hackett, presidente e CEO da Ford, selam acordo - Johannes Eisele/AFP
Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen, e Jim Hackett, presidente e CEO da Ford, selam acordo
Imagem: Johannes Eisele/AFP

Em Frankfurt (Alemanha)

12/07/2019 10h32

A Ford e Volkswagen anunciaram hoje que uniram forças para desenvolver carros autônomos e elétricos. Executivos das montadoras também estão considerando parcerias em outras áreas, aprofundando uma aliança global para acelerar desenvolvimento de produtos e cortar custos de fabricação.

A Ford e a VW já começaram a cooperar na área de veículos comerciais como parte do esforço mais amplo da indústria automobilística para redesenhar modelos de produção e vendas e assim lidar com regulamentação mais rigorosa e mercados fragmentados.

A Volks investirá US$ 2,6 bilhões (cerca de R$ 9,75 bilhões na conversão direta) na Argo AI, empresa de carros autônomos da Ford, e comprará da parceira US$ 500 milhões (R$ 1,87 bilhão) em ações da Argo. Com isso, as duas montadoras terão participações iguais na startup.

Jim Hackett, chefão da Ford, posa ao lado de Herbert Diess, da VW, ao volante de protótipo do hatch elétrico ID.3 - Johannes Eisele/AFP
Jim Hackett, chefão da Ford, posa ao lado de Herbert Diess, da VW, ao volante de protótipo do hatch elétrico ID.3
Imagem: Johannes Eisele/AFP

A Ford também construirá um carro elétrico na Europa usando a plataforma de veículos elétricos MEB da VW, disseram as empresas.

"Nossa aliança global está começando a demonstrar uma promessa ainda maior, e continuamos a analisar outras áreas nas quais poderíamos colaborar", disse o presidente-executivo da VW, Herbert Diess.

Ganho de escala

A Ford espera construir mais de 600 mil veículos elétricos na Europa ao longo de seis anos, adquirindo componentes e as bases dos veículos da VW, ajudando ambas as empresas a reduzirem os custos. A VW informou que destinou US$ 7 bilhões (R$ 26,4 bilhões) à sua plataforma MEB, que deve sustentar 15 milhões de veículos em todo o mundo do grupo VW na próxima década.

Analistas do Citi disseram que o licenciamento da plataforma MEB da Volkswagen pela Ford foi um passo "transformador" para as duas empresas.

"É provável que forneça à VW uma vantagem de escala inatacável", disse o analista do Citi, Angus Tweedie, em nota publicada em 10 de julho.

A aliança mais ampla, que abrange a colaboração além dos investimentos conjuntos na Argo AI, não implica a propriedade cruzada entre as duas empresas.

A Ford criou a Ford Autonomous Vehicles em 2018, prometendo investir US$ 4 bilhões (R$ 15 bilhões) até 2023 e buscou investidores externos para ajudar a dividir o custo crescente do desenvolvimento de veículos autônomos.

A Volkswagen contribuirá com sua empresa AID (Autonomous Intelligent Driving) para a Argo, que aumentará seu quadro de funcionários de 500 para cerca de 700.

Mais Carros elétricos