PUBLICIDADE
Topo

Ford e Volkswagen unem forças para produção de carros autônomos e elétricos

Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen, e Jim Hackett, presidente e CEO da Ford, selam acordo - Johannes Eisele/AFP
Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen, e Jim Hackett, presidente e CEO da Ford, selam acordo
Imagem: Johannes Eisele/AFP

Em Frankfurt (Alemanha)

12/07/2019 10h32

A Ford e Volkswagen anunciaram hoje que uniram forças para desenvolver carros autônomos e elétricos. Executivos das montadoras também estão considerando parcerias em outras áreas, aprofundando uma aliança global para acelerar desenvolvimento de produtos e cortar custos de fabricação.

A Ford e a VW já começaram a cooperar na área de veículos comerciais como parte do esforço mais amplo da indústria automobilística para redesenhar modelos de produção e vendas e assim lidar com regulamentação mais rigorosa e mercados fragmentados.

A Volks investirá US$ 2,6 bilhões (cerca de R$ 9,75 bilhões na conversão direta) na Argo AI, empresa de carros autônomos da Ford, e comprará da parceira US$ 500 milhões (R$ 1,87 bilhão) em ações da Argo. Com isso, as duas montadoras terão participações iguais na startup.

Jim Hackett Herbert Diess Ford Volkswagen carro autônomo elétrico acordo - Johannes Eisele/AFP - Johannes Eisele/AFP
Jim Hackett, chefão da Ford, posa ao lado de Herbert Diess, da VW, ao volante de protótipo do hatch elétrico ID.3
Imagem: Johannes Eisele/AFP

A Ford também construirá um carro elétrico na Europa usando a plataforma de veículos elétricos MEB da VW, disseram as empresas.

"Nossa aliança global está começando a demonstrar uma promessa ainda maior, e continuamos a analisar outras áreas nas quais poderíamos colaborar", disse o presidente-executivo da VW, Herbert Diess.

Ganho de escala

A Ford espera construir mais de 600 mil veículos elétricos na Europa ao longo de seis anos, adquirindo componentes e as bases dos veículos da VW, ajudando ambas as empresas a reduzirem os custos. A VW informou que destinou US$ 7 bilhões (R$ 26,4 bilhões) à sua plataforma MEB, que deve sustentar 15 milhões de veículos em todo o mundo do grupo VW na próxima década.

Analistas do Citi disseram que o licenciamento da plataforma MEB da Volkswagen pela Ford foi um passo "transformador" para as duas empresas.

"É provável que forneça à VW uma vantagem de escala inatacável", disse o analista do Citi, Angus Tweedie, em nota publicada em 10 de julho.

A aliança mais ampla, que abrange a colaboração além dos investimentos conjuntos na Argo AI, não implica a propriedade cruzada entre as duas empresas.

A Ford criou a Ford Autonomous Vehicles em 2018, prometendo investir US$ 4 bilhões (R$ 15 bilhões) até 2023 e buscou investidores externos para ajudar a dividir o custo crescente do desenvolvimento de veículos autônomos.

A Volkswagen contribuirá com sua empresa AID (Autonomous Intelligent Driving) para a Argo, que aumentará seu quadro de funcionários de 500 para cerca de 700.