PUBLICIDADE
Topo

FusKombi: perua do Fusca que VW nunca lançou existe e viraliza nas redes

FusKombi acaba de ser finalizado por oficina paulistana e até parece ter saído de uma fábrica da Volks; projeto demorou 4 anos - Arquivo pessoal
FusKombi acaba de ser finalizado por oficina paulistana e até parece ter saído de uma fábrica da Volks; projeto demorou 4 anos Imagem: Arquivo pessoal

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

03/07/2021 04h00

Anos após sua aposentadoria, Fusca e Kombi, os dois carros refrigerados a ar mais icônicos da Volkswagen, reúnem até hoje uma legião de fãs no mundo inteiro.

Não é de hoje que entusiastas da dupla levam a paixão mais longe e criam customizações que combinam os dois tipos de carroceria. Tais projetos são bastante populares na Alemanha, terra natal da VW, e também têm exemplos aqui no Brasil - geralmente batizados como FusKombi.

Basta fazer uma rápida pesquisa na internet para encontrar as mais variadas ideias, que geralmente utilizam a dianteira do Fusca e a traseira da Kombi, que pode ser furgão, picape e perua - variantes do Besouro nunca lançadas oficialmente pela Volks.

FusKombi era sonho de infância de Eduardo Pavanelli, dono, idealizador e construtor do veículo - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
FusKombi era sonho de infância de Eduardo Pavanelli, dono, idealizador e construtor do veículo
Imagem: Arquivo pessoal

Um FusKombi brasileiro tem bombado nas redes com sua pintura "saia e blusa", combinando carroceria alaranjada com teto e rodas brancas.

O projeto chama a atenção pelo cuidado com os detalhes, como as duas janelas laterais basculantes, e até parece ter saído de uma fábrica da Volkswagen nos anos 60.

Coerência com o visual simples e clássico dos VW da década de 60 é um dos pontos altos do projeto - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Coerência com o visual simples e clássico dos VW da década de 60 é um dos pontos altos do projeto
Imagem: Arquivo pessoal

Realizado pela oficina Garage Web, localizada na capital paulista, este FusKombi é basicamente um Fusca 1300 1968 que, a partir da coluna central, recebeu chapas retiradas de uma Kombi 1985.

Seu idealizador é Eduardo Pavanelli, dono da Garage Web, que diz ter realizado um antigo sonho, às custas de bastante trabalho e uma boa dose de criatividade.

Motor 1300 refrigerado a ar é o original do Fusca 1968, afirma proprietário e idealizador do projeto - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Motor 1300 refrigerado a ar é o original do Fusca 1968, afirma proprietário e idealizador do projeto
Imagem: Arquivo pessoal

"Eu sonho com esse veículo desde os anos 60, quando era garoto ainda. Meu pai tinha comprado uma perua DKW Vemaguet, que me encantou pelo aspecto, mas o carro soltava uma fumaça desgraçada e foi vendido alguns dias depois".

Forração interna é toda de tecido bege com detalhes na tonalidade marrom, conferindo um visual elegante - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Forração interna é toda de tecido bege com detalhes na tonalidade marrom, conferindo um visual elegante
Imagem: Arquivo pessoal

O empresário lembra que em seguida o pai adquiriu um Fusca 1966, cuja mecânica, simples e robusta, chamou sua atenção.

"Eu sempre pensei: 'imagina essa perua com a mecânica da Volks'. Isso não saiu mais da minha cabeça e dei início ao projeto há cerca de quatro anos", relata o proprietário da Garage Web. De acordo com Pavanelli, foram necessárias cerca de 400 horas de trabalho apenas com funilaria, sem contar mecânica, desenvolvimento, pintura e tapeçaria, até a recente conclusão da empreitada. Ele nem arrisca a falar do custo total.

"Quis juntar tudo o que era dos anos 60, como as cores vermelha Cerâmica e branca Pérola, as lanternas traseiras arredondadas, e o painel simples, como o de um utilitário da época. Tem apenas velocímetro, marcador de combustível e porta-luvas".

Trabalho artesanal

Minimalista, painel tem instrumentos e mostradores concentrados em peça única em frente ao volante - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Minimalista, painel tem instrumentos e mostradores concentrados em peça única em frente ao volante
Imagem: Arquivo pessoal

O interior segue o estilo minimalista, com tapeçaria toda de tecido bege com detalhes marrons, enquanto na traseira existem duas tampas, como na Kombi: uma para o porta-malas e outra para o compartimento do motor, logo abaixo.

Simplicidade: painel redondo combina velocímetro, marcador de combustível e luzes de advertência - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Simplicidade: painel redondo combina velocímetro, marcador de combustível e luzes de advertência
Imagem: Arquivo pessoal

Ele explica que a conclusão levou bastante tempo por se tratar de um trabalho artesanal, baseado na tentativa e erro, posto que a carroceria da Kombi é mais larga e alta do que a do Fusca.

"A base toda do carro é o Fusca. Portanto, redimensionamos as janelas, o teto, a tampa traseira e a tampa do motor. Tudo para deixar as peças bem alinhadas e a aparência, harmônica".

Como o projeto do FusKombi resultou em um veículo inédito, feito a partir de um Fusca, foi necessário providenciar documentação específica para carros modificados e artesanais.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Siga o UOL Carros no