PUBLICIDADE
Topo

Fusca ganha versão elétrica. E ela não é feita pela Volkswagen

Modelo inspirado no Fusca da chinesa ORA - Divulgação
Modelo inspirado no Fusca da chinesa ORA Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo (SP)

14/04/2021 10h40

Alvo de rumores que davam conta que poderia se tornar um modelo elétrico após sair de linha no ano de 2019, o Fusca/Beetle ganhou uma versão retrô e elétrica de quatro portas. Entretanto, ela não é da Volkswagen.

A responsável pelo desenvolvimento do modelo é a marca chinesa ORA, que apresentou a novidade durante o Salão do Automóvel de Xangai. Não se trata oficialmente de um Fusca, é claro, mas pelas linhas vemos que uma grande inspiração foi tirada do design do clássico automóvel alemão.

fusca - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Na frente, vemos um capô arredondado, com faróis circulares e para-choques bastante semelhantes ao que nos habituamos a ver no Fusca. Atrás, vemos o layout também bebendo na fonte do carro da Volkswagen.

fusca2 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Por dentro, o volante é exatamente igual ao do Fusca. No entanto, a modernidade marca presença ao lado, com uma central de entretenimento.

A ORA se refere ao carro como um "ônibus do tempo", que criará em seus proprietários uma sensação de nostalgia. Fundada em 2018, a montadora pertence à Great Wall Motors, que recentemente assinou um acordo de parceria com a BMW para modelos da MINI na China. Eles serão baseados em plataformas da ORA, por isso é provável que eles tenham como base este modelo de Fusca.

Além deste Fusca, a empresa já desenvolveu o R1 Black Cat (muito parecido com um Honda e), o Haomao (que lembra um Nissan Leaf), o R2 White Cat e o iQ.