PUBLICIDADE
Topo

Carros que quase ninguém compra no Brasil e são campeões de vendas nos EUA

Toyota Camry teve apenas 21 exemplares zero vendidos no Brasil em 2020, contra mais de 200 mil nos EUA no mesmo período - Divulgação
Toyota Camry teve apenas 21 exemplares zero vendidos no Brasil em 2020, contra mais de 200 mil nos EUA no mesmo período Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/10/2020 13h33Atualizada em 20/10/2020 15h19

Basta observar os números para constatar que o mercado brasileiro de veículos é completamente diferente do norte-americano.

No ano passado, foram vendidos 17,1 milhões de automóveis e comerciais leves zero-quilômetro nos Estados Unidos, contra 2,47 milhões no Brasil.

Em 2020, mais uma vez o líder de emplacamentos nos EUA é a linha de picapes Série F, da Ford, com nada menos do que 589.034 vendas de janeiro a setembro.

No mesmo período, aqui o campeão de licenciamentos é o compacto Chevrolet Onix, que soma 92.293 exemplares comercializados.

Não é para menos: maior economia do planeta, os Estados Unidos têm salários em dólar e vias largas e amplas, perfeitas para veículos de grande porte - daí a predileção dos norte-americanos por carros gigantes.

A realidade econômica dos dois países é tão destoante que modelos considerados enormes e de luxo aqui, custando mais de R$ 200 mil, lá são considerados carros de entrada e vendem centenas de vezes mais.

Com o câmbio nas alturas, nem vale comparar os preços em dólar - sem contar as taxas e impostos que incidem sobre os veículos exportados para cá.

Mas, para se ter uma ideia, nos EUA o Toyota Camry tem versões custando apenas US$ 1 mil a mais do que o Corolla. Neste ano, o sedã acumula mais de 200 mil unidades vendidas e é o sexto colocado no ranking norte-americano.

No Brasil, o Camry é comercializado em apenas uma configuração, topo de linha, por R$ 276.990 - ou 86,7% a mais do que o preço cobrado pelo Corolla mais caro disponível. Tem somente 21 unidades emplacadas em 2020.

Selecionamos cinco modelos que bombam nos EUA e aqui não atingiram nem 500 unidades licenciadas nos primeiros nove meses deste ano. Todos são importados dos Estados Unidos.

Confira.

Honda CR-V

Honda CR-V 2019 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

+ Vendas nos EUA de janeiro a setembro
273.334 unidades

+ Vendas no Brasil de janeiro a setembro
381 unidades

Toyota Camry

Toyota Camry 6 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

+ Vendas nos EUA de janeiro a setembro
204.945 unidades

+ Vendas no Brasil de janeiro a setembro
21 unidades

Jeep Grand Cherokee

Jeep Grand Cherokee 2020 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

+ Vendas nos EUA de janeiro a setembro
152.856 unidades

+ Vendas no Brasil de janeiro a setembro
106 unidades

Jeep Wrangler

Jeep Wrangler Rubicon 2 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

+ Vendas nos EUA de janeiro a setembro
150.202 unidades

+ Vendas no Brasil de janeiro a setembro
191 unidades

Honda Accord

Honda Accord Touring - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

+ Vendas nos EUA de janeiro a setembro
145.291 unidades

+ Vendas no Brasil de janeiro a setembro
43 unidades