Topo

Salão de Xangai


Chevrolet Onix Sedan: agora global, 2ª geração impressiona ao vivo

Chevrolet Onix Sedan Salão de Xangai 2019

UOL Carros

Vitor Matsubara

De Xangai (China)

16/04/2019 12h50

Resumo da notícia

  • Versão chinesa será muito semelhante à brasileira
  • Estreia no Brasil será no último trimestre
  • Sedã chega pouco antes do hatch
  • Modelo ficou maior e terá motor de 3 cilindros turbo
  • Fabricação no Brasil segue em Gravatái (RS)

A mais importante atração do Salão de Xangai para o mercado brasileiro é a nova geração do Chevrolet Onix, que virou carro global e é exibida com carroceria sedã no evento chinês. O novo Onix Sedan, nomenclatura que também será usada no Brasil, em substituição ao nome Prisma, começa a ser produzido em Gravataí (RS) em setembro, enquanto a versão hatch inicia a produção no mesmo local em outubro -- a chegada às concessionárias acontece em seguida.

Cabine do novo Onix traz acabamento apenas regular e exibe central multimídia com tela "flutuante" - Vitor Matsubara/UOL
Cabine do novo Onix traz acabamento apenas regular e exibe central multimídia com tela "flutuante"
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

O sedã foi apresentado no último dia 11 no interior paulista, ainda sob camuflagem, antes da exibição em Xangai. Na cidade chinesa, pudemos conferir de perto o design do Onix Sedan sem disfarces, que impressiona ao vivo. Conforme antecipou o colunista Fernando Calmon, o carro brasileiro terá características e estilo muito semelhantes, mesmo, às do modelo chinês -- por dentro e por fora.

Central multimídia foi deslocada para cima do painel, em estilo "flutuante" - Vitor Matsubara/UOL
Central multimídia foi deslocada para cima do painel, em estilo "flutuante"
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

A nova identidade visual da Chevrolet caiu bem no sedã, que parece maior do que realmente é. Grade hexagonal é bem larga, e o desenho dos faróis remete a modelos mais caros da marca, como o novo Tracker -- outro modelo confirmado para o Brasil.

Cabine é bem diferente do padrão atual, exibindo linhas mais arrojadas e até parecidas com as do Cruze. Entretanto, na opinião de UOL Carros, existe uma estranha semelhança com o antigo Peugeot 208, que atualmente está à venda no Brasil. Alguns pontos parecidos: posição de destaque da tela da central multimídia e a posição das saídas de ar-condicionado, além da distribuição dos comandos.

Bancos dianteiros exibem encostos de cabeça inteiriços e têm acabamento bicolor - Vitor Matsubara/UOL
Bancos dianteiros exibem encostos de cabeça inteiriços e têm acabamento bicolor
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

Qualidade do acabamento é apenas regular, como no Prisma atual -- que deverá conviver com o novo modelo. Alguns materiais podem ser substituídos na versão brasileira, assim como a combinação bicolor dos bancos. Espaço interno é bom no banco traseiro, embora não pareça ser maior do que o sedã atual. Porta-malas, este sim, é bastante amplo.

Motor do carro exibido em Xangai não deixa dúvida: Onix terá motor turbo de 3 cilindros, Brasil inclusive - Vitor Matsubara/UOL
Motor do carro exibido em Xangai não deixa dúvida: Onix terá motor turbo de 3 cilindros, Brasil inclusive
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

Mecânica

Também pudemos conferir que o motor, conforme a própria fabricante já confirmou no Brasil, terá opção de turbo, dependendo da versão. A unidade mostrada em Xangai, da versão esportivada Redline, traz embaixo do capô motor tricilíndrico turbinado, cujas especificações ainda não foram detalhadas. Já adiantamos que Onix e outros modelos derivados, que formarão uma nova família global feita sobre a arquitetura GEM, terão opção de propulsores de três e quatro cilindros e diferentes capacidades, de 1 litro, 1,2 litro, 1,4 litro e 1,5 litro, aspirados ou turbinados.

A unidade exibida na China traz câmbio automático de seis marchas, como Onix e Prisma atuais.

Mais Salão de Xangai