Topo

Segredos automotivos


Este é o novo Chevrolet Tracker, que chega ao Brasil em 2020

SUV aproveita plataforma GEM que também servirá aos novos Onix e Prisma - Reprodução
SUV aproveita plataforma GEM que também servirá aos novos Onix e Prisma
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/01/2019 07h00

SUV terá design inspirado no crossover Orlando e motor 1.0 turbo

Os segredos da Chevrolet na China já foram mais bem guardados. Depois do vazamento de imagens do novo Prisma (que já foi até flagrado por UOL Carros na região metropolitana de São Paulo, com pouquíssimos disfarces), agora é a vez do novo Tracker ser revelado por imagens de registro do Ministério da Indústria da China.

O SUV compacto, que deverá ser lançado no Brasil em 2020, será feito sobre a plataforma GEM, base global feita para veículos compactos desenvolvida por uma joint-venture formada pela General Motors e a chinesa SAIC. A partir dela também nascerão os sucessores de Onix/Prisma, Cobalt e Spin.

Na semana passada, a GM oficializou o lançamento da nova família de veículos e revelou que o primeiro modelo será lançado já em março. Como a empresa divulgou um teaser do próprio Tracker na ocasião, não seria surpresa se o SUV inaugurasse a leva de novos modelos.

Maior e mais estiloso

Mas voltando a falar do Tracker, o carro cresce em sua nova geração. Agora as dimensões são de 4,27 metros de comprimento, 1,60 metro de altura, 1,79 m de largura e 2,57 metros de entre-eixos. Com isso, ele é 1,5 cm mais longo e largo, 0,7 cm mais baixo e possui entre-eixos 2 cm maior que o modelo atual.

O design é nitidamente inspirado no novo Chevrolet Orlando para o mercado chinês. O desenho da frente, a enorme grade hexagonal dianteira e o formato das lanternas são alguns dos pontos de semelhança entre eles. A tendência é que o interior também seja parecido com o do Orlando.

Por fim, um detalhe na traseira do Tracker entrega a motorização escolhida na China: o logotipo 325T faz alusão ao inédito motor 1.0 turbo de três cilindros -- que também será produzido no Brasil em versão bicombustível. Equipado com injeção direta de combustível, ele deve entregar 115 cv com um consumo de expressivos 18,1 km/l.

Logotipo na traseira indica uso de motor 1.0 turbo - Reprodução
Logotipo na traseira indica uso de motor 1.0 turbo
Imagem: Reprodução

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Segredos automotivos