PUBLICIDADE
Topo

Volkswagen Nivus: afinal, quanto custará e como se posicionará no mercado?

VW Nivus Highline - Murilo Góes/UOL
VW Nivus Highline Imagem: Murilo Góes/UOL
Rafaela Borges

Rafaela Borges é jornalista automotiva desde 2003, com passagens por Carsale e Estadão. Escreve sobre o mercado de veículos, supercarros, viagens sobre rodas e tecnologia.

Colunista do UOL

08/06/2020 04h00

A Volkswagen já revelou quase todos os detalhes sobre seu principal lançamento do ano, o Nivus, que chega em julho às concessionárias do Brasil. Mas ainda falta o preço. A marca, no entanto, deu uma dica: o novo SUV será posicionado entre as versões topo de linha do Polo e o T-Cross.

Não espere, porém, um valor muito abaixo do T-Cross de entrada, que custa R$ 88.790. É que o novo modelo só terá câmbio automático. A versão mais barata do SUV mais antigo é manual.

Quando se olha para o catálogo automático do T-Cross, o mais em conta é o 200 TSI, que tem preço sugerido de R$ 96.590. Com o Nivus, ocorrerá algo semelhante ao que a Honda fez com o WR-V.

O problema é que, no caso do SUV de entrada da Honda, ele veio mais caro que o HR-V manual, à época. A escolha foi controversa, e o modelo nunca foi um grande sucesso. Esperamos que a Volkswagen não cometa o mesmo erro com o Nivus.

Mas vamos, então, à análise dos possíveis preços do modelo com jeitão de SUV cupê.

Quais versões de Polo e T-Cross são referência para o Nivus?

O Nivus chegará ao mercado apenas com o motor 1.0 turbo, o mesmo de Polo e T-Cross Comfortline - e também usado nas versões de entrada do SUV mais antigo. Por isso, descarte o T-Cross Highline, a R$ 118.690, como base de comparação para posicionamento de preço.

Quanto ao Polo, quando a Volkswagen informa "versões de topo", descarta também a GTS, igualmente a 1.4 turbo. Aqui, valem a Comfortline (a partir de R$ 74.950) e a Highline (R$ 86.680).

O Nivus que foi mostrado no dia 28 de maio é da versão topo de linha. Para ele, o preço estimado deverá ficar em torno de R$ 100 mil. Muito? Tomando o T-Cross como base, não. O T-Cross Comfortline, menos equipado que a opção mais cara do novato, sai a R$ 110.260.

Mas e quanto às versões mais simples do Nivus? A VW não divulgou quais serão elas, mas se seguirem a gama T-Cross, deverão ser 200 TSI e Comfortline. Para a de entrada, minha aposta fica entre R$ 85 mil e R$ 90 mil. Um preço inicial de R$ 80 mil, no entanto, não é algo a se desconsiderar. O valor é cerca de R$ 5 mil acima do cobrado pelo Polo Comfortline.

Esse valor, porém, é menos realista. Até porque o Nivus, que tem forte apelo visual, já sai de fábrica muito bem equipado - inclusive, com seis air bags de série. Em maio, diversas concessionárias divulgaram valores entre R$ 80 mil e R$ 100 mil para o carro.

De lá para cá, houve alta do dólar, e reajuste de alguns modelos da própria VW. Por isso, a aposta mais sensata é que o carro venha mesmo com valor inicial equivalente ao do Polo Highline, ficando entre R$ 10 mil e R$ 5 mil abaixo do T-Cross 200 TSI. A conferir.

Destaques do Nivus

Um dos itens que a Volkswagen vem mais divulgando para o novo Nivus é a central multimídia VW Play, desenvolvida no Brasil. Segundo a montadora, ela é mais moderna que as usadas nas linhas Polo, Virtus e T-Cross, e gradualmente será aplicada nos outros carros feitos sobre essa plataforma, a MQB0.

Entre os destaques do VW Play há conexão direta com alguns aplicativos populares, como iFood. Porém, a central não tem internet nativa, diferentemente do que ocorre com a nova geração de modelos compactos da líder Chevrolet - Onix, Onix Plus e Tracker.

O carro também inova ao trazer controlador de velocidade adaptativo (ACC). O sistema, que é capaz de acelerar e frear automaticamente o carro conforme o movimento do veículo da frente, ainda não está disponível em nenhum modelo da plataforma MQB0. Ele deverá ser opcional na versão topo de linha do Nivus.