PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Chegada das vacinas doadas pelos EUA ao Brasil é adiada; lote será dividido

Brasil receberá 3 milhões de doses da vacina da Janssen dos EUA - Stephen Zenner / Getty Images via AFP
Brasil receberá 3 milhões de doses da vacina da Janssen dos EUA Imagem: Stephen Zenner / Getty Images via AFP

Do UOL, em São Paulo

24/06/2021 19h50

O Governo Federal informou hoje que a chegada das 3 milhões de doses da vacina contra covid-19 da farmacêutica Janssen, doadas pelo governo dos Estados Unidos para o Brasil, vai atrasar.

Antes prevista para desembarcar no país hoje, a carga foi dividida em dois lotes. O primeiro sai na noite de hoje do aeroporto de Fort Lauderdale, na Flórida, com chegada prevista para as 9h de amanhã no Aeroporto de Viracopos, em Campinas.

O segundo lote deve chegar no sábado (26), segundo estimativa divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores.

O quantitativo - maior já doado pelo governo Biden a qualquer país até agora - está fora das doses compradas pelo governo federal por meio do Covax, iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), da ALiança Gavi e da Coalizão para Inovações em Preparação para Epidemias (CEPI), que trabalha para a aquisição e distribuiçao dos imunizantes para os países mais pobres.

Ao contrário das outras três vacinas, o imunizante da Janssen, cujo primeiro lote chegou ao Brasil na última terça-feira (22), é de dose única.

Outros dois lotes, adquiridos diretamente entre o Ministério da Saúde e a farmacêutica, já estão no país. O primeiro, com 1,5 milhão de doses, já está sendo distribuído entre os estados; outras 300 mil doses desembarcaram pela manhã no Aeroporto de Guarulhos.

Saúde