PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Malvino Salvador volta a treinar após transplante capilar; entenda técnica

Malvino Salvador publicou fotos - Reprodução/Instagram @eumalvinosalvador
Malvino Salvador publicou fotos Imagem: Reprodução/Instagram @eumalvinosalvador

Do VivaBem*, em São Paulo

27/02/2021 12h52

Malvino Salvador voltou a mostrar o resultado do transplante capilar realizado há 20 dias. O ator de 45 anos publicou uma foto, nesta sexta-feira (26), em que aparece treinando. No Instagram, ele destacou que está liberado para os treinamentos após o período de recuperação do couro cabeludo.

O ator costuma compartilhar com os fãs os resultados do procedimento. Na última segunda-feira (22), ele publicou uma sequência de fotos e afirmou estar animado ao mostrar os cabelos voltando a crescer. Além de Malvino Salvador, outros famosos também recorreram ao procedimento, como Ximbinha.

A técnica FUE (Foliculer Unit Extretion), escolhida pelo ator, consiste em retirar folículos capilares de uma área doadora do couro cabeludo e reimplantá-los na área sem cabelos e por isso, só pode ser realizada em pessoas que ainda não tenham perdido todo o cabelo.

O método é minimamente invasivo, não deixa cicatriz linear e os pacientes precisam apenas de uma breve recuperação para retornar às atividades do dia-a-dia. Em comparação com a técnica FUT (Follicular Unit Transplant), é algo mais moderno e simples, já que a anterior era realizada a partir de uma incisão acima da nuca até as orelhas, deixando uma cicatriz linear no couro cabeludo para sempre.

Quando o transplante capilar é recomendado?

A técnica deve ser considerada após as tentativas frustradas de impedir a evolução da calvície com os tratamentos clínicos ou se já existirem áreas calvas definidas ou redução significante de densidade e volume. Os procedimentos são iguais para homens e mulheres.

A questão da idade e histórico familiar também é considerada dependendo da extensão da calvície. Em alguns casos, o ideal é esperar o quadro ter maior definição para indicar a cirurgia. Em outros, pacientes jovens, com a partir de 20 anos já são encaminhados para o procedimento.

Técnicas de transplante

  • FUT (Foliculer Unit Transplantation): nesta técnica uma faixa do couro cabeludo é retirada e depois os folículos são separados para serem transplantados um a um na região receptora. A área em que a faixa foi retirada é suturada, deixando uma cicatriz.
  • FUE (Foliculer Unit Extretion): em vez de retirar uma faixa completa do couro cabeludo, esse método remove folículos de toda a região doadora de forma espaçada. Posteriormente, os folículos serão transplantados para a região doadora. A técnica é menos invasiva porque não deixa uma cicatriz. Além disso, o médico tem o poder de escolha dos folículos e isso garante a qualidade.

Não confunda com implante capilar

A técnica ocorre quando o médico coloca fios artificiais na área sem pelo com uma espécie de agulha de crochê para implantar o fio, diferente do que foi feito em Malvino Salvador. O processo todo também é feito com anestesia local. No entanto, por não ser natural, os fios são expulsos pelo próprio organismo e a pessoa tende a perder 20% do cabelo a cada ano, perdendo todo o implante em até cinco anos.

* Com informações de reportagens publicadas nos dias 03/06/2019 e 08/01/2020.

Saúde