PUBLICIDADE

Topo

Equilíbrio

Cuidar da mente para uma vida mais harmônica


Equilíbrio

O que é resiliência? Entenda o significado e se há como desenvolvê-la

Istock
Imagem: Istock

Priscila Carvalho

Do VivaBem, em São Paulo

13/08/2020 04h00

Resiliência tem sido uma palavra muito usada de uns anos para cá —possivelmente você já a ouviu em discursos sobre inteligência emocional ou sobre ambientes de trabalho. Até porque está cheio de gente escrevendo sobre isso nas redes sociais, fazendo tatuagens ou lendo livros sobre. A constante busca pela paz interior e até equilíbrio é o que tem provocado um interesse por esse sentimento.

A resiliência é a capacidade de um organismo de retornar ao estado anterior depois da exposição a alguma situação de estresse. E isso pode ocorrer em diversas situações: no trabalho, na escola, no relacionamento com amigos, família ou parceiros.

Mas não pense que ser resiliente é uma dádiva ou que para isso a pessoa precisa ter superpoderes. Todo mundo tem um pouco de resiliência em si, senão já teria explodido ou "surtado" em alguma situação do dia a dia.

Entendendo a resiliência

Este é um conceito que a psicologia usa para entender como a pessoa sofre quando acontece algo, seja um trauma ou mesmo situações rotineiras, e para perceber como ela consegue voltar o estágio emocional anterior.

E isso pode ser construído ao longo da vida, trabalhando a vivência e concepções de autoconhecimento. Vale lembrar que a que a resiliência não é uma virtude, e sim uma habilidade. Serve para as pessoas conhecerem seus próprios limites, enxergando e entendendo como situações de estresse e nervosismo podem contribuir para o seu crescimento.

Por ser uma habilidade, é algo que vamos desenvolvendo

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2020/inteligencia-emocional-ajuda-com-varias-situacoes-do-dia-a-dia-veja-como-1597262541572.vm')Quando se é mais resiliente, fica mais fácil encarar adversidades do dia a dia. E por mais que pareça que existem pessoas que já nasceram resilientes, há maneiras de desenvolver essa habilidade.

Pessoas que passaram por situações de vulnerabilidade ao longo da infância, por exemplo, têm uma dificuldade maior em desenvolver resiliência. No entanto, é possível praticar e aprimorar ao longo da vida, usando o autoconhecimento.

Não há um método certeiro ou passo a passo, no entanto, para conseguir se tornar mais resiliente. Isso ocorre naturalmente quando a pessoa está buscando uma autocompreensão, um olhar para si e tentando enxergar o que acontece com ela em cada momento de adversidade. Fazendo isso, é possível lidar melhor com situações de estresse e se tornar resiliente.

A psicoterapia pode ajudar e é válido buscar um especialista se você sente que eventos estressantes desestabilizam você de uma forma que atrapalha seu dia a dia.

Inteligência emocional é a mesma coisa que resiliência?

Não. Inteligência emocional é um aspecto da resiliência. As pessoas possuem diversas habilidades cognitivas que favorecem a resiliência e a inteligência emocional é só um aspecto dentre vários que a pessoa precisa ter para alcançá-la.

Assim como a inteligência emocional, ser resiliente requer prática, exercício e um ensino diário em relação às atitudes individuais e do coletivo. Por isso a prática é constante e autoaprendizado também.

Fontes: Stanley Rodrigues - Psicólogo da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo; Priscilla Godoy, psicóloga e neuropsicóloga do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Equilíbrio