PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Vacina para coronavírus a ser testada no DF é promissora, diz UnB a jornal

Imagem ilustrativa para vacina contra o novo coronavírus - Javier Zayas Photography / Getty Images
Imagem ilustrativa para vacina contra o novo coronavírus Imagem: Javier Zayas Photography / Getty Images

Do UOL, em São Paulo

02/07/2020 10h36

A vacina contra o novo coronavírus que vai ser testada no Distrito Federal e outros estados brasileiros tem resultados promissores, disse o infectologista Gustavo Romero ao Correio Braziliense. Professor no Núcleo de Medicina Tropical da UnB (Universidade de Brasília), Romero coordena a pesquisa sobre imunização para a covid-19 no DF.

"O que posso informar agora é que se trata de um produto vacinal, que se aplica em duas doses, com intervalo de 14 dias. Ela produziu resultados promissores na fase 2, que se chama de desenvolvimento. No caso, essa vacina tem o efeito de produzir anticorpos capazes de neutralizar o vírus", afirmou.

A produção da vacina está a cargo da farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, e o medicamento será testado em 9.000 voluntários em 12 centros de pesquisa do país.

A imunização está na terceira fase, ou seja, é testada em humanos, segundo o Correio Braziliense.

A UnB aguarda a finalização das tratativas do Instituto Butantan, em São Paulo, com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a definição de detalhes técnicos e científicos da pesquisa para dar início ao procedimento.

Caso a vacina seja aprovada, a Sinovac e o Butantan firmarão acordo de transferência de tecnologia para produção em escala industrial e fornecimento gratuito pelo SUS (Sistema Único de Saúde), no Brasil.

Além de Brasília, os testes vão ocorrer em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Saúde